6ª Conferência Estadual das Cidades começa neste sábado (25)

Texto de Myllena Diniz

A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) realiza, neste sábado (25) e domingo (26), a 6ª Conferência Estadual das Cidades. Neste ano, o encontro discute a função social da cidade e da propriedade, sob a perspectiva inclusiva, participativa e socialmente justa.

A conferência ocorre no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, das 8h às 18h, e reúne representantes do poder público e da sociedade civil organizada.

Pensar a cidade como um espaço de todos é o ponto central da conferência. De acordo com Noemi Amaral, supervisora estadual de Políticas de Habitação de Interesse Social, o objetivo é tornar os municípios acessíveis a todos os indivíduos.

“Precisamos enxergar as cidades como um bem comum, construído por e para todos. E, para que seja possível um desenvolvimento ordenado e sustentável, é necessário planejamento urbano, controle social e diálogo entre o poder público e a sociedade”, destacou.

Por isso, uma comissão, composta por agentes públicos, movimentos sociais, organizações não governamentais, empresários e estudantes, irá receber as demandas municipais e traçar propostas inclusivas. Elas consistem em ideias que aproximem as moradias dos equipamentos públicos – como postos de saúde e escolas – e das oportunidades de emprego, geração de renda e lazer.

“Este encontro entre poder público e sociedade civil faz com que pensemos em políticas públicas ainda mais eficazes. Conhecer de perto e discutir os desafios das comunidades são atitudes fundamentais para que nosso trabalho tenha êxito e, de fato, provoque a mudança que a sociedade espera”, destacou Noemi Amaral.

Veja também  Com obras em andamento, Hospital Metropolitano fará 10 mil consultas por mês

Segundo ela, cerca de 300 pessoas estarão envolvidas em toda a programação – entre delegados, conselheiros e ouvintes. Ao todo, serão 20 horas de discussões sobre habitação, regularização fundiária, Plano Diretor das Cidades, saneamento, infraestrutura, meio ambiente, acessibilidade e mobilidade.

Durante a Conferência Estadual das Cidades, serão formuladas as propostas dos municípios alagoanos para a etapa nacional do evento, a ser realizada em Brasília. Na ocasião, também serão eleitos os delegados e os membros do Conselho das Cidades que representarão Alagoas.

Entre os palestrantes estão Luiz Roberto Moraes, doutor em Saúde Ambiental pela University of London e professor da Universidade Federal da Bahia; Débora Cavalcanti, PhD em Planejamento Urbano pela London School of Economics and Political Science e professora da Universidade Federal de Alagoas; e Regina Coeli Marques, mestra em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e professora da Universidade Federal de Alagoas.

Também participam do evento Dilma Pinheiro, superintendente estadual de Políticas para os Direitos da Pessoa com Deficiência, e Diva Assis, representante da Rede Alagoas Inclusiva (Reali).

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: