Apenas 10% dos municípios aptos aderiram ao Selo Unicef

Texto de Renata Bello

Apenas sete, dos 67 municípios aptos a receberem o Selo do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) 2017-2020, formalizaram a adesão até o momento. O Selo é uma iniciativa do Unicef para estimular os municípios a implementarem políticas públicas, no intuito de reduzir as desigualdades sociais e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes.

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) tem trabalho junto a organização internacional a fim de estimular os municípios a aderirem ao Selo. Segundo o secretário Fernando Pereira, quando formalizada a adesão, os municípios estarão ainda mais envolvidos com a melhoria de indicadores sociais.

“Estamos em um momento que o Governo do Estado tem lutado para transformar os indicadores sociais em diversas áreas, mas é preciso também da colaboração dos municípios para que as mudanças aconteçam, a adesão ao Selo é um dos passos rumo a essa transformação que estamos buscando”, disse.

Até o momento, Campo Alegre, Joaquim Gomes, Junqueiro, Palmeira dos Índios, São Miguel dos Campos, São Sebastião e Teotônio Vilela formalizaram a adesão ao Selo 2017-2020.

As inscrições vão até o dia 31 de julho. A lista completa de municípios aptos está disponível em http://www.selounicef.org.br/. No site também é possível consultar o regulamento e documentação necessária.

Veja também  Imprensa Oficial divulga programação na 8ª Bienal Internacional do Livro

Os municípios que registrarem avanços significativos ao fim do período de validação do selo receberão um certificado do Unicef e passarão a integrar o grupo de municípios reconhecidos internacionalmente por seus avanços em favor da infância e adolescência.

Fonte: Agência Alagoas

 

Compartilhe: