Aprovados no Encceja podem pedir certificado de conclusão o ensino médio à Seduc

Texto de Tais Albino

Jovens e adultos aprovados no Exame Nacional para a Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) já podem solicitar à Secretaria de Estado da Educação (Seduc) o certificado do ensino médio.

Na capital, o atendimento é feito de 8h às 17h30, na Escola Estadual José Correia da Silva Titara, sala 13, no Cepa. As demais localidades devem procurar as Gerências Regionais de Educação (Geres) mais próximas.

Os aprovados devem estar munidos de identidade e CPF, originais e cópias, e o boletim de desempenho. Antes disso, precisarão consultar a nota por meio de CPF e a senha no site enccejanacional.inep.gov.br, onde os participantes têm a opção de imprimir o boletim.

Para ser considerado aprovado e poder solicitar a emissão do certificado, o candidato deve atingir pelo menos 100 pontos em cada uma das quatro áreas do conhecimento.

Os participantes que não obtiverem nota suficiente em alguma área do conhecimento poderão receber o certificado parcial de proficiência ou usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – apenas dos exames realizados até 2016. Para isso, os candidatos devem ter uma nota acima 450 pontos na área do conhecimento determinada.

“Em relação à redação, os candidatos não devem se preocupar. A nota sai por área de conhecimento, ou seja, linguagens, códigos e redação é a mesma nota. Se for acima de 100, eles estão aprovados”, explica Mônica Sarmento, supervisora de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e uma das coordenadoras do Encceja em Alagoas.

Veja também  Seduc abre vagas para professores temporários que atuem na rede pública estadual

Certificação

Muitos dos candidatos aprovados no Encceja já compareceram ao Cepa nesta terça-feira (6) para solicitar a emissão de seu certificado. Foi o caso de João Gabriel Cordeiro,18 anos. Ele passou seis meses estudando para prova e agora pretende prestar o Enem 2018, já com a conclusão do ensino médio em mãos. “Comecei a trabalhar muito cedo, isso atrasou bastante meus estudos. Eu tirei uma boa nota no Enem este ano quero fazer para valer e passar em Direito ou Contabilidade”, conta.

(Fotos: Valdir Rocha)

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) tem até 45 dias para emitir a certificação. Em casos de urgência, por exemplo, aprovação em universidades, é preciso levar um comprovante da necessidade.

Ensino Fundamental 

Para os candidatos que fizeram o exame e optaram pela certificação do ensino fundamental, os privados de liberdade e residentes no exterior, a previsão do Inep para a divulgação das notas é o mês de março.

Fonte: Agência Alagoas
Compartilhe: