Buscas por pessoas desaparecidas em decorrências das chuvas continuam

Texto de Anamaria Santiago

O Corpo de Bombeiros continua concentrando suas ações na busca pelo último desaparecido no deslizamento de barreira na grota de Santo Amaro. Ele seria a sexta vítima de uma mesma família. Na manhã desta terça-feira (30), os corpos de uma mulher e um bebê de sete meses do sexo feminino foram encontrados, somando cinco mortos no local.

Agora são sete mortos por conta das chuvas em Alagoas. Segundo o capitão Madeiro, comandante das equipes de resgate, as buscas na grota do Santo Amaro foram encerradas no fim do dia, mas serão retomadas na manhã desta quarta-feira (31).

De acordo com o sargento Lima da Silva, o trabalho de remexer a lama com a retroescavadeira é arriscado porque a barreira está instável e ainda pode deslizar. “Se voltar a chover nós teremos que suspender as buscas”.

Moradores da grota acompanham de perto os trabalhos dos homens do Corpo de Bombeiros e contam que a retirada dos dois corpos foi chocante. “A gente ficou desesperada de ver o corpo da mãe da filha;  é muita tristeza” disse a aposentada Maria da Conceição Pereira.

Veja também  Conselho de Defesa dos Direitos Humanos institui comissão para eleição de representantes

Satuba

As equipes de mergulhadores do Corpo de Bombeiros também continuam procurando um adolescente de 13 anos que desapareceu quando nadava com os amigos no rio Mundaú, em Satuba. A busca vai ganhar o reforço do helicóptero da Segurança Pública de Alagoas, que deve sobrevoar o curso com rio em busca do jovem na manhã de quarta-feira (31). Os bombeiros acreditam que ele pode ter sido levado pela correnteza para longe do local onde brincava com os amigos.

De acordo com o boletim divulgado pelo Corpo de Bombeiros no fim da tarde desta terça-feira (30), 27.825 pessoas, entre desalojados e desabrigados, foram afetadas delas chuvas dos últimos dias no Estado de Alagoas.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: