Campanha busca sensibilizar troca de brinquedos violentos por livros

Texto de Victor Brasil

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) iniciou, na semana passada, a retomada da campanha “Armas para que? Eu quero é ler”, com o intuito de sensibilizar pais e educadores sobre os riscos de brinquedos que simulam a violência.

Durante toda a semana, a equipe técnica da Seprev percorreu escolas no município de São Miguel dos Campos, sensibilizando a população escolar e incentivando a participação dos alunos na campanha. O objetivo é que cada estudante realize um desenho ou redação sobre o tema. Todos irão receber pela participação livros educativos.

Segundo o gerente de Estratégias de Prevenção à Violência da Seprev, Thomas Arthur, a iniciativa é salutar para incentivar um comportamento mais pacífico nas ações da sociedade. “Queremos incentivar principalmente a resolução de problemas a partir de pequenas atitudes, como a troca de brinquedos que estimulem a violência por livros ou outros brinquedos de caráter que estimulem a criatividade e o diálogo”, enfatizou.

Nesta semana, a equipe irá avaliar os trabalhos feitos pelos alunos das escolas de São Miguel dos Campos. Os melhores desenhos e/ou redação de cada turma irá receber um kit completo contendo 20 livros educativos.

Veja também  IMA lança livro sobre as espécies mais traficadas da fauna silvestre em Alagoas

De acordo com Thomas Arthur, o desenvolvimento da campanha se deu graças à parceria com a Fundação Educar DPaschoal que doou mil livros que serão trocados pelos brinquedos. “Receber estes livros de uma forma totalmente gratuita, além de estimular para a continuidade do projeto, está fazendo com que o Estado economize custos e possa investir o recurso em outras frentes importantes para a prevenção da violência”, disse.

Além da sensibilização na sala de aula, as equipes da Seprev irão articular uma ação, junto ao ônibus da campanha para entrega voluntária de armas de fogo, para incentivar a troca de armas de brinquedo por um livro. A ação deve ocorrer, em Maceió, ainda neste mês de outubro, fazendo alusão ao Dia das Crianças.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: