CGU promove oficina com servidores públicos de Alagoas

Texto de Amanda Vieira

O Ministério da Transparência e Fiscalização e Controladoria  Geral da União (CGU), em parceria com a Controladoria-Geral do Estado (CGE), promoveu, nesta segunda (13) e terça-feira (14), a oficina para implementação do Programa de Fomento à Integridade (Profip). O Programa foi disseminado para órgãos do Governo Federal e, pela primeira vez, contemplou um Estado da Federação.

O encontro tem como público-alvo os servidores que atuam na área da transparência e capacitaou os agentes para a implantação em suas organizações com a apresentação de linhas teóricas e metodologia do Programa de Integridade.

De acordo com a auditora da CGU, que ministrou o curso, Carolina Souto, o Programa foi implantado em 14 órgãos e trabalha alguns aspectos como conduta ética; orientações e exemplos das lideranças; processos e divisões de trabalho; sistemas de prestações de contas e uso de recursos. Segundo ela, o Profip melhora os serviços prestados e aprimora a transparência e o controle social.

Na segunda (13), o curso abordou os conceitos de integridade, eixos do programa, riscos e plano de  integridade. Nesta terça-feira (14), foram abordados temas como a implementação do Profip, estrutura do plano,  avaliação e adequação dos riscos e monitoramento.

“Realizamos dinâmicas e exercícios para que todos os servidores se sintam preparados para disseminar e implantar nos órgãos toda essa metodologia. Nós da CGU apoiamos, damos suporte necessário”, destacou a auditora.

Veja também  Professor da rede estadual é finalista em premiação da USP

Para a controladora-geral do Estado, Maria Clara Bugarim, o Programa de Integridade vem se somar ao esforço da CGE no combate à corrupção. “É importante que todos estejam atualizados dentro desse novo momento, onde as pessoas anseiam por ética e transparência. O Profip é algo que atende ao anseio da população.A CGE apoia essa causa e vai também apoiar os órgãos que decidirem pela implantação do Programa”, disse a controladora-geral.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: