Chá de Memória Especial sobre Copas com enfoque em Alagoas emociona ex-jogador

Texto de Wellington Santos

Os olhos de um certo senhor com seus mais de 70 anos brilhavam ao ver estampada sua foto na capa de jornal em exposição que homenageia o período da Copa do Mundo à disposição da população no Arquivo Público de Alagoas (APA), situado no bairro de Jaraguá. Este senhor era Roberto Mendes, ex-jogador do CSA nos anos 1960, e que brilhou intensamente vestindo as cores azul e branco do seu Azulão, como também é conhecida a equipe do bairro do Mutange, em Maceió.

E assim como os de Mendes, também brilharam os olhos de boa parte do público que prestigiou o Chá de Memória neste fim de semana, promovido em edição especial de clima de Copa de Mundo, que este ano será realizada na Rússia, a partir do próximo dia 14 de junho. Com o tema: “Alagoas nas Copas do Mundo, os jogadores e o jornalismo alagoano em Mundiais “, o Arquivo Público de Alagoas (APA), vinculado ao Gabinete Civil, presenteou os aficcionados e simpatizantes do futebol na 26ª edição de seu tradicional evento cultural.

Chá de Memória Especial sobre as Copas do Mundo com enfoque em Alagoas levou gente como ex-jogador Roberto Mendes a relembrar seu tempo de atleta

Durante quase duas horas, o Chá de Memória Especial levou aos presentes no hall do Arquivo Público a participação do célebre historiador, escritor e diretor do Museu dos Esportes, Lauthenay Perdigão, e o radialista e cronista esportivo Antônio Torres para um agradável bate-papo.

Na conversa dos dois, histórias e causos que levaram os espectadores aos risos, assim como ao espanto, sobre a participação dos jogadores alagoanos no maior evento esportivo do mundo, e também sobre a cobertura jornalística da crônica esportiva alagoana em vários Mundiais. O evento também promoveu uma farta exposição de fotos, jornais e revistas.

Veja também  Em Brasília, Renan Filho assina contratos que retomam duplicação da BR-101 em AL

Chá de Memória Especial sobre as Copas do Mundo com enfoque em Alagoas levou gente como ex-jogador Roberto Mendes a relembrar seu tempo de atleta (Fotos André Palmeira)

“Me senti realmente lisonjeado ao ver uma parte de minha vida dedicada ao esporte e ao futebol e que pode ser visto na exposição promovida por este Chá de Memória. A iniciativa do Arquivo Público está de parabéns”, disse o ex-jogador Roberto Mendes.

Quem também levou uma boa impressão do que viu e ouviu do Chá de Memória foi a jovem arquiteta Karla Manezes, que foi ao evento pela primeira vez. “Foi maravilhoso para mim que quase nada conhecia sobre futebol. Saio daqui um pouco mais informada e também um pouco mais interessada sobre este esporte tão amado pelos brasileiros e alagoanos”.

De acordo com a superintendente do Arquivo Público, Wilma Nóbrega, a partir deste evento surgiu a perspectiva de uma parceria permanente com o Museu dos Esportes, que cedeu parte do material para exposição, e que só deu frutos positivos para unir futebol e cultura, tudo isso já em clima de Copa do Mundo.

“Foi gratificante ver o público presente se deliciar com as histórias do futebol e das Copas do Mundo, especificamente com foco nos nossos jogadores, nossos jornalistas e radialistas esportivos e com aquele gostinho especial de quero mais. Acho que esta pode ser uma parceria interessante com o Museu dos Esportes e tende a render outros bate-papos futuramente aqui no nosso Arquivo Público”, ressaltou Wilma Nóbrega.

Fonte: Agência Alagoas
Fotos: André Palmeira
Compartilhe: