Decreto que reajusta benefício do Programa Bolsa Família é publicado

Texto de Renata Bello

O benefício pago pelo Programa Bolsa Família será reajustado a partir do mês de julho. O decreto foi assinado na última sexta-feira (1) no Diário Oficial da União.  Com o reajuste, pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza receberão R$ 89 como benefício básico. Hoje, o valor é de R$ 85.

Atualmente, o Programa Bolsa Família tem 13,7 milhões de famílias beneficiárias, em todos os municípios do Brasil. Em Alagoas são cerca de 405 mil famílias que recebem em média R$ 183. Para as famílias com adolescentes de 16 a 17 anos de idade matriculados na escola, o benefício variável passará de R$ 46 para R$ 48 por beneficiário, até o limite de R$ 96 por família.

O secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Pereira, afirma que o Governo de Alagoas está atento às necessidades dessa parcela da população e foi pensando nelas que o Programa Estadual de Complementação Alimentar e Nutricional foi criado.

“Estamos fazendo a nossa parte. Temos o compromisso de trabalhar, sobretudo, para quem mais precisa. O Governo de Alagoas já entregou mais de 100 mil cestas através deste programa, que é contínuo e permanente. As cestas nutricionais atendem especialmente  às famílias que recebem o Bolsa Família, deste modo, elas podem usar o benefício para outro fim, como pagar as contas de casa, comprar remédio”, disse.

Veja também  Obras de abastecimento de água avançam em todas as regiões de Alagoas

A publicação ainda reajustou o valor de renda mensal para ter direito ao benefício. Pelas novas regras, famílias em situação de pobreza precisarão comprovar que ganham até R$ 178 por mês per capita, enquanto aquelas em situação de extrema pobreza deverão comprovar renda de R$ 85 por mês por pessoa.

Interessados em receber o auxílio devem se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O cadastramento pode ser feito nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou na gestão municipal do Bolsa Família e do Cadastro Único.

Fonte: Agência Alagoas

Foto: Divulgação do MDS

Compartilhe: