Divaldo Franco conquista título da primeira edição da Taça das Grotas

Texto de Paulo Chancey Junior

Foram três semanas e meia de competição, 16 comunidades carentes de Maceió, 320 atletas na disputa, três campos tradicionais no futebol alagoano e na quarta-feira (29) a grande final. A primeira edição da Taça das Grotas foi encerrada com a decisão do título entre as Grotas da Macaxeira da Chã da Jaqueira e Divaldo Franco, do Jacintinho, que venceu por 1 a 0 e fez a festa no Rei Pelé.

Desde as primeiras horas da noite, o clima de decisão foi tomando o “Trapichão”. Com estrutura de jogo profissional, a maior praça esportiva de Alagoas recebeu torcedores e as quatro equipes entrariam em campo neste meio de semana.

A primeira partida da noite aconteceu entre as grotas do São Jorge que enfrentou a equipe do Alto da Boa Vista, da região da Chã da Jaqueira. No tempo normal um jogo equilibrado, que terminou empatado por 1 a 1.

O terceiro lugar seria decidido nas penalidades. Com muita emoção, a equipe do São Jorge saiu vencedor, com o placar mostrando 4 a 3. Logo em seguida os atletas receberam as medalhas e troféus.

A secretária do Esporte, Lazer e Juventude, Claudia Petuba, fez a entrega da premiação e destacou a missão da Taça das Grotas que integra o programa “Vida Nova Nas Grotas”. “O Governo de Alagoas, através da Selaj, criou uma política de valorização ao esporte, seja no esporte de rendimento, amador, como também criando essa oportunidade da Taça das Grotas, que integra o programa Vida Nova nas Grotas. Acredito que a semente foi plantada e vamos colher bons frutos em outros anos, em outras edições desta competição”, afirmou.

Na grande decisão da competição, as duas melhores equipes iriam buscar o título da primeira edição da Taça das Grotas. O jogo foi marcado pelo equilíbrio e o detalhe poderia definir o vencedor.

E assim foi. Ainda no primeiro tempo, após a falha do goleiro da Macaxeira, a equipe da grota Divaldo Franco abriu o placar. Veio o segundo tempo, minutos se passaram, acréscimos foram contados, mas o placar não foi alterado.

Veja também  Emater e São José da Tapera oficializam parceria para desenvolver agricultura familiar

Final de jogo no Rei Pelé, Divaldo Franco 1 a 1 diante da Grota da Macaxeira. Festa da torcida que prestigiou a partida, dos jovens e líderes comunitários que estiveram no “Trapichão”.

“A gente que tem o sonho de ser jogador de futebol tenta aproveitar todas as oportunidades. Essa competição foi muito importante para a gente também para a nossa comunidade. Espero que tenha gente olhando o trabalho da gente e se possível a gente sair para algum clube profissional”, disse Arielzo Silva, zagueiro e capitão da Grota Divaldo Franco.

A premiação de campeão e vice foi feita pelo secretário executivo do Esporte e Lazer da Selaj, Charles Hebert, o coordenador do programa Vida Nova nas Grotas, Nery Almeida, o representante da Federação Alagoana de Futebol (FAF), João Batista, o zagueiro do CRB Audálio e o meio campo campeão brasileiro da Série C pelo CSA Marcos Antônio.

“Durante os três finais de semana de disputa e hoje na decisão, avaliamos como altamente positiva a competição. Vimos vários talentos despontando para o futebol e, acima de tudo, a oportunidade que foi criada, a dignidade, o respeito, através do programa Vida Nova nas Grotas. Este ano foi um projeto-piloto que deu muito certo e a ideia é ampliar a competição em 2018”, afirmou.

As premiações da noite ficaram distribuídas da seguinte forma; Em primeiro lugar, Grota Divaldo Franco, em segundo lugar, Grota da Macaxeira, em terceiro lugar, Grota São Jorge e no quarto lugar, Grota Alto da Boa Vista. O melhor jogador da competição foi Fernando Éder, da Grota da Macaxeira, enquanto Nicolas Pereira da Grota São Jorge ficou com a artilharia, tendo marcado quatro gols.

A Taça das Grotas é para integrante do programa Vida Nova Nas Grotas, organizada pelo Governo de Alagoas, através da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj).

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: