Encontro de bandas reúne músicos do Alto Sertão, em Água Branca

Texto de Daniel Borges

Flautas, saxofones, trompetes. Jovens com o sorriso estampado no rosto por fazer o que mais ama: música. Esse foi o clima do 2º Encontro Regional de Bandas e Fanfarras de Alagoas, que aconteceu no município de Água Branca, durante as atividades da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), na oitava edição do Governo Presente.

Músicos de vários municípios do Alto Sertão alagoano se reuniram no fim de semana em frente à Igreja Matriz, centro da cidade, ao som dos instrumentos de sopro e percussão.

O encontro reuniu mais de 400 músicos das Bandas Filarmônica Santa Cecília, de Água Branca; Orquestra Tenente Nicácio, de Delmiro Gouveia, Mestre Elísio, de Piranhas, e Fanfarra Nossa Senhora da Conceição, de Mata Grande.

“As bandas e fanfarras são patrimônios culturais. Nosso objetivo é fortalecer, apoiar e incentivar esses grupos musicais, atraindo nossos jovens à arte”, disse a secretária de Estado da Cultura em exercício, Rosiane Rodrigues.

Para o superintendente de Formação e Difusão Cultural da Secult, Edlúcio Donato, é um evento importante para mobilizar a produção musical local, “Incentivamos a formação pedagógica dos jovens músicos e divulgamos o trabalho desenvolvido nas cidades,” afirmou.

Veja também  Helicópteros da Segurança Pública participam do “Maio Amarelo” na orla

Durante o evento, os maestros dos grupos foram homenageados pela Secult e Federação de Músicos de Bandas de Alagoas no incentivo e fomento da música.

“Para nós é uma honra muito grande participar de um evento desse porte. Estou muito feliz em ter sido homenageado pelo governo e espero que momentos como esse se repitam. São 29 anos formando cidadãos com consciência de seu dever e responsabilidade cultural”, ressaltou o maestro da Banda Filamornica Santa Cecília, Valério Gonçalves.

O encontro atraiu a atenção dos moradores que pararam para assistir ao espetáculo de música. Maria Aparecida, de 74 anos, ficou encantada com a beleza dos grupos. “Nunca vi um encontro tão lindo. É uma honra presenciar esse momento musical. Fiquei arrepiada quando eles tocaram juntos”, disse Maria Aparecida.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: