Escola Penitenciária abre 70 vagas para formação continuada de servidores

Texto de Mayara Wasty

A Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), por meio da Escola Penitenciária, tem oportunizado a formação complementar aos servidores com capacitações continuadas. Em agosto, três novos cursos estarão disponíveis: Manuseio e Disparo de Pistola e Espingarda; Penas e Medidas de Segurança e Curso de Intervenção Tática Prisional.

As inscrições podem ser feitas até dia 14 de agosto, na Diretoria da Escola Penitenciária, situada no complexo penitenciário. Ao todo, 70 vagas estão disponíveis, sendo 15 para o curso de Manuseio e Disparo de Pistola e Espingarda, 35 para Penas e Medidas de Segurança, ambos em Maceió, e 20 para Curso de Intervenção Tática Prisional, em Girau do Ponciano.

O Curso de Manuseio e Disparo acontecerá entre os dias 15 e 18 de agosto e terá carga horária de 40 horas/aula. Já a capacitação em Penas e Medidas será realizado nos dias 23 e 24 deste mês, possuindo carga de 20 horas/aula. Finalizando as ações deste mês, a Intervenção Tática Prisional, com carga horária de 40 horas/aula, será realiza entre os dias 28 e 31.

Além de ampliar os conhecimentos, a participação nas capacitações possibilita aos servidores o direito à bolsa-qualificação, benefício financeiro para incentivar a formação continuada. Para receber o benefício, o servidor deve estar matriculado nas capacitações das Escolas Penitenciária, de Governo ou da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), cumprindo, no mínimo, 80% da frequência nas iniciativas.

Veja também  Escolas de Samba celebram os 200 anos de emancipação política de Alagoas

Investimento no servidor 

Só no primeiro semestre deste ano, a Escola Penitenciária já realizou 16 capacitações, divididas entre palestras e cursos, com 29 turmas formadas e 388 servidores capacitados.

Os cursos ofertados englobaram diversas áreas de atuação e conhecimento. No dia 21 deste mês foi concluída a capacitação em Manuseio e Disparo com Pistola .40 e Espingarda 12.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: