Estado lança II Concurso de Monografias sobre acervo do Arquivo Público

Texto de Wellington Santos

O Governo do Estado, por meio do Gabinete Civil, abriu as inscrições para o II Concurso de Monografias do Arquivo Público de Alagoas (APA). A iniciativa tem o intuito de difundir o acervo do APA, contribuindo para ampliar a produção científica do Estado e consolidar o papel do Arquivo Público como um espaço de preservação e construção da memória.

Os detalhes poderão ser conferidos pelos interessados no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 29 de maio de 2018.

As monografias e respectivos documentos, contendo dados do autor, deverão ser entregues a partir de 1 de junho até 29 de julho de 2018, ao Arquivo Público de Alagoas, na Rua Sá e Albuquerque, s/nº, Jaraguá, Maceió, AL, pelo CEP 57020-180, ou enviados via postal com comprovante de recebimento. O Arquivo Público de Alagoas funciona diariamente entre 8h e 14h.

Segundo o edital, os candidatos deverão entregar uma cópia com identificação, em mídia digital salva em documento aberto (Word 2013 ou superior), a ficha de inscrição e o comprovante de titulação em envelope lacrado. No caso de imagens, as cópias entregues deverão ter qualidade de impressão (arquivos JPG, com no mínimo 300 DPI de resolução). Além disso, imagens com direitos deverão vir acompanhadas da devida autorização de seus autores ou dos que detêm os direitos autorais sobre elas, iniciativas que ficarão sob a responsabilidade do autor.

Veja também  Consciência Negra: inscrições para o Saurê Palmares estão abertas

De acordo com a superintendente do APA, Wilma Nóbrega, o II Concurso de Monografias do Arquivo Público de Alagoas tem por objetivo selecionar duas pesquisas que devem ter como abordagens temáticas referentes a sociedade, cultura, política e economia, por meio de diversas áreas do conhecimento como História, Geografia, Arquitetura, Planejamento Urbano, Comunicação, Literatura e Cultura em geral.

“Poderão participar do concurso, com trabalho único, brasileiros ou estrangeiros residentes no país, portadores de diplomas de nível superior; e só serão aceitos trabalhos defendidos e devidamente aprovados a partir do ano de 2014 em instituições de ensino superior do Estado de Alagoas”, informa Wilma.

Segundo Wilma, o prêmio será a publicação das monografias classificadas em primeiro e segundo lugar e cuja edição terá 500 exemplares, dos quais, 10% da tiragem serão do autor e o demais de propriedade do Arquivo Público de Alagoas.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: