Estudantes de Engenharia Civil visitam obras de mobilidade na Grota do Grutão

Texto de Marcio Chagas

Os ensinamentos em sala de aula são tão importantes quanto a prática para a formação de todos os profissionais. Por isso, os alunos de Engenharia Civil da Faculdade Figueiredo Costa (FIC) fizeram uma visita técnica às obras da Grota do Grutão, na parte alta de Maceió, na manhã desta terça-feira (10).

(Fotos: Ascom/Setrand)

A comunidade está recebendo melhorias em mobilidade urbana do programa Vida Nova Nas Grotas, executado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand). As obras contemplam a implantação e reforma de escadarias, construção e recuperação de pontilhões, passeios, muro de contenção e corrimões.

“A visita é muito importante para nós, porque aqui temos a oportunidade de conhecer toda a estrutura de uma obra, principalmente a parte de concretagem e dos pilares”, afirmou a estudante Silmara Correia, que está no 8º período do curso.  Os alunos foram acompanhados pelo engenheiro responsável pelas obras nas grotas, Ivanildo Alves, que explicou a relevância dessa visita para a formação dos discentes.

(Fotos: Ascom/Setrand)

“A grande finalidade dessa visita dos alunos é a interação daquilo que vemos em sala com o que acontece em uma obra. O marco de um programa como o Vida Nova Nas Grotas é garantir a mobilidade aos moradores, por meio da construção de pontilhões, escadarias, passeios, e, com isso, os estudantes conseguem conhecer como o procedimento teórico é executado na prática. Aqui eles conseguem vivenciar o dia a dia de um engenheiro civil”, explicou Ivanildo Alves.

Veja também  Com 120 novos leitos, UE do Agreste assegura atendimento a mais de 1 milhão de pessoas

Vida Nova Nas Grotas 

Até o momento, o programa já executou mais de 12 quilômetros de escadarias, junto com 17,5 mil m² de passeio e 17,5 mil metros lineares de corrimão. Para os períodos de chuva, a segurança foi o elemento determinante na construção dos novos equipamentos urbanos: são 5,4 mil metros de canaleta, mais de dois mil metros de muro de contenção e 6,7 mil metros de meio-fio implantados.

 Outras 25 grotas estão sendo contempladas com serviços de mobilidade urbana, sendo quatro entregues e mais 21 em fase de execução. A expectativa é que até o final do ano, os serviços de mobilidade do programa, que atualmente conta com a parceria das Nações Unidas para Assentamentos Urbanos (ONU Habitat), cheguem a 40 comunidades de Maceió.

Fonte: Agência Alagoas
Compartilhe: