Governador e ministro assinam contrato para construção do Viaduto da PRF em Maceió

Texto de Severino Carvalho

O contrato para execução da obra do viaduto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), situado no entroncamento entre as rodovias BR-316 e 104, foi assinado nesta quarta-feira (26), em solenidade realizada no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares. Serão investidos cerca de R$ 78 milhões na obra, que será instalada em parceria com os governos estadual e federal.

O projeto agrega melhorias na mobilidade e desenvolvimento urbano de Maceió, contemplando ainda a execução de rotatória, dois túneis, passeio e ciclovia. Assinaram o contrato o governador Renan Filho, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella; e o secretário de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral. A empresa S.A Paulista executará a obra.

Renan Filho calcula que a construção do Viaduto da PRF vai gerar benefícios a dois terços da população do Estado, que utilizam aquela região, bem como os turistas que chegam e saem da capital pelo Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares.

“O impacto econômico de uma obra como essa é gigante. Primeiro, ela reduz o tempo das pessoas no trânsito e menos tempo no trânsito significa mais produtividade e mais qualidade de vida. É tempo para curtir a família. Além disso, vai possibilitar o fortalecimento do turismo, a integração regional, o acesso à saúde pública, de maneira que poucas obras terão um impacto positivo na vida das pessoas como essa. Um investimento desse vai, sem dúvidas, impulsionar a economia alagoana”, disse o governador.

Maurício Quintella lembrou que o Governo do Estado elaborou o projeto com muita competência, prontamente aprovado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Ele enfatizou que a obra é tratada como prioridade pelo Ministério dos Transportes, que a integrou ao Programa Avançar, por isso não faltarão recursos para a sua conclusão.

“O primeiro repasse no valor de R$ 17 milhões já foi feito ao Governo do Estado para iniciar a obra. Temos R$ 51 milhões garantidos, ainda no orçamento de 2017, e o complemento vem agora na LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2018. Então, o Governo do Estado não terá nenhum problema orçamentário de repasse. Fico muito feliz em estabelecer essa parceria. Apesar da crise fiscal que se abate pelo País, o momento de recessão, Alagoas vive um novo momento. O Estado tem um governador diligente, trabalhador e uma equipe competente”, declarou Maurício Quintella.

Veja também  Serviço de Tomografia do HGE oferece diagnósticos resolutivos na emergência

A solenidade reuniu deputados estaduais, federais, vereadores, secretários de Estado e foi prestigiada pelo senador Renan Calheiros. O passo seguinte para a implantação do Viaduto da PRF será a assinatura da ordem de serviço, que acontecerá nos próximos dias, com o início imediato das obras.

“Este é um momento ímpar na história de Alagoas. Hoje, depois de muito trabalhar, assinamos o contrato com a empresa responsável para implantação do Viaduto da PRF. Esta é a obra viária mais importante para o Estado. Com o Viaduto concluído, estaremos incentivando a economia, o turismo e dinamizando o trânsito no local”, afirmou Mosart Amaral.

Aeroportos

O governador Renan Filho e o ministro dos Transportes garantiram, ainda, a execução de outras importantes obras para o Estado, a exemplo da construção dos aeroportos de Maragogi e de Arapiraca.

“Em agosto, me contou o governador, o Estado conclui o projeto do Aeroporto de Maragogi, para que a obra seja licitada e comece até o final deste ano; da mesma forma, o Aeroporto de Arapiraca. Temos outra parceria com o Governo do Estado para o Aeroporto de Penedo. O convênio é de R$ 4 milhões e vamos começar a obra ainda este ano” disse o ministro Quintella.

Renan Filho observa que Alagoas, na atualidade, tira obras importantes do papel, antes “cantadas em verso e prosa” apenas em tempos eleitorais. Ele afirmou que o Estado faz valer os espaços circunstancialmente ocupados pelos ministros Quintella e Marx Beltrão (do Turismo) em benefício do povo de Alagoas.

“Estamos lançando um programa que vai universalizar os acessos por asfalto a todas as cidades alagoanas. Canapi é uma delas e faltam Pindoba e Belo Monte. Estamos trabalhando duro para fazer o acesso a essas duas cidades”, acrescentou Renan Filho.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: