Governador entrega módulos de irrigação em Delmiro Gouveia nesta sexta (4)

Texto de Severino Carvalho

A agenda de trabalho do governador Renan Filho se concentra nesta sexta-feira (4), em Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano, a 250 km de Maceió. Ao lado do secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, o governador faz a entrega dos primeiros 200 Módulos Irrigados de Produção e Aprendizagem (Mipas) aos agricultores do Canal do Sertão.

A solenidade acontece a partir das 10h, no entroncamento do anel viário da BR-423. Os projetos de módulo de irrigação, produção e aprendizagem integram o Plano de Desenvolvimento do Canal do Sertão. Duzentas famílias serão contempladas, inicialmente, nos municípios de Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Olho d’Água do Casado e Inhapi.

O Plano de Desenvolvimento do Canal do Sertão visa ao uso produtivo sustentável da água para 516 famílias de agricultores familiares. A iniciativa busca promover a transformação social, produtiva e de acesso a mercados pelas famílias de pequenos agricultores do Semiárido.

Casal

Também em Delmiro Gouveia, o governador Renan Filho assina a ordem de serviço para recuperação e ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) dos povoados São José e São Sebastião. As obras vão beneficiar uma população de mais de mil habitantes.

Veja também  Boca da Mata recebe evento de ciclismo no próximo domingo

As melhorias incluem redimensionamento dos equipamentos e adutoras das captações. As obras fazem parte do Plano de Investimentos da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) para 2017, que conta com recursos do Governo do Estado e da própria autarquia, no montante de R$ 100 milhões.

Os investimentos contemplam, ainda, melhorias nos sistemas de abastecimento das áreas urbana e rural do município de Delmiro Gouveia, a exemplo dos povoados Barragem Leste, São Sebastião, Turco e Guirro, bem como os assentamentos Maria Cristina e Genival Moura, que vão absorver recursos superiores a R$ 2 milhões.

Ainda em Delmiro Gouveia, o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), entrega a Central de Interpretação de Libras (CIL), também chamada de ‘Casa de Libras’.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: