Governo apoia seminário sobre novos documentos da conquista de Porto Calvo

Texto de Diego Teixeira

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Alagoas (Iphan-AL), com apoio do Governo de Alagoas, promove no próximo dia 21 de fevereiro o seminário Discutindo o Forte Bass: História, Arqueologia e Restauração.

O evento ocorrerá na Casa do Patrimônio de Maceió e promete novidades, como a apresentação de novos documentos históricos sobre o cerco e a conquista de Porto Calvo, recentemente descoberto nos arquivos da Holanda, expostos pelo historiador da Universidade de Leiden Benjamin Teensma.

A iniciativa contará com vários pesquisadores que já confirmaram presença no encontro, como Marcos Albuquerque, coordenador do laboratório de Arqueologia da UFPE; Levy Pereira, pesquisador especialista em cartografia; Flávio Calippo, diretor do Centro Nacional de Arqueologia do IPHAN; e Adler Fonseca, historiador do Iphan/RJ.

Segundo a arqueóloga do Iphan-AL, Rute Barbosa, o seminário trará subsídios para historiografia alagoana acerca da ocupação holandesa no norte de Alagoas.  Além disso, a pesquisa e restauração na área do forte demonstra o rico potencial para o desenvolvimento turístico cultural na região.

Inscrições

A organização do seminário disponibilizou 40 vagas para os interessados que deverão confirmar presença através do e-mail: iphan-al@iphan.gov.br. Será entregue aos participantes do evento um certificado com 8h de carga horaria.

Veja também  União libera R$ 2,2 milhões para áreas atingidas pelas chuvas em Maceió

Serviço:

Seminário: Discutindo o Forte Bass: história, arqueologia e restauração

Data: 21 de fevereiro de 2017

Horário: 9h

Local: Casa do Patrimônio de Maceió

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: