Instituto Raízes de África promove roda de diálogo na Serra da Barriga

Texto de Tais Albino

No mês em que se celebra o Dia Nacional da Consciência Negra, o Instituto Raízes de África se mobiliza com palestras, rodas de diálogo e espaços culturais para aproximar os jovens da história do povo negro e prestar contas das atividades realizadas durante o ano.  O projeto ‘Ayê Conversas em Série’ é apoiado pela Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) e Secretaria de Estado da Comunicação (Secom).

A primeira ação do projeto foi promovida  na quinta-feira (2), no Espaço Abdias Nascimento, na Serra da Barriga, em União dos Palmares. O encontro contou com a presença de jovens e adolescentes da periferia e representantes de movimentos sociais. De acordo com a presidente do Instituto Raízes de África, Arísia Barros, a proposta é celebrar e agradecer a luta do povo negro ancestral e ainda levar esse conhecimento para os jovens.

“Queremos partilhar conhecimentos para os jovens neste novembro negro e aproveitamos este mês para prestar contas das ações realizadas. O Instituto cria espaço para que pessoas reflitam sobre consciência negra durante o ano todo”, disse Arísia Barros.

O poeta, dramaturgo, escritor e líder negro Abdias Nascimento será um dos homenageados. Abdias foi um dos maiores ícones da luta contra a discriminação racial no Brasil e suas cinzas foram depositadas na Serra da Barriga.

Veja também  Lançamento oficial do Programa de Aquisição de Alimentos acontece nesta terça (25)

‘Ayê Conversas em Série’ está em sua primeira edição e terá continuidade pelo mês de novembro com rodas de conversas, sarau afro, espaços dramatizados e outras atividades. Cortesia Raízes de África

A próxima ação vai acontecer no Presídio Feminino Santa Luzia.

Fonte: Agência Alagoas
Compartilhe: