Olho D’Água do Casado se consolida como rota turística no Sertão

Texto de Micaelle Morais e Rafaela Pimentel

A paisagem é de tirar o fôlego. As águas calmas que contrastam com a imensidão do Rio São Francisco dão as boas-vindas aos moradores e turistas que chegam à prainha de Olho D’Água do Casado. O lugar já é conhecido de quem visita ou vive no Sertão alagoano, mas, apesar disso, o caminho até lá ainda é dificultado pela qualidade da estrada de acesso.

É que os 3,6 quilômetros que ligam o município sertanejo até o ponto turístico são de barro e sem sinalização adequada. Mas o trajeto hoje sem infraestrutura vai dar lugar a uma estrada renovada e moderna com a implantação e pavimentação da via, fortalecendo a posição de Olho D’Água do Casado como município integrante da rota turística de Alagoas.

De viagem pela região Nordeste, o casal carioca Lívia Ferreira e Marcos Barbosa conheceram pela primeira vez o Rio São Francisco. A vista os conquistou de cara, mas foi o percurso da cidade até à Prainha que também os surpreendeu.

“A gente até estranhou quando chegamos e vimos a estrada sem nenhuma sinalização. Apesar da pista não ter tantos buracos, para nós que não conhecemos a região dá um pouco de insegurança pegar esse caminho. Pavimentar a via vai trazer uma grande diferença principalmente para nós que somos turistas, vai agregar ainda mais ao visual sem igual do Rio São Francisco”, destaca Marcos Ferreira.

Veja também  Prefeito Rui Palmeira vistoria obras no Jardim Petropólis I

O primeiro passo para tirar o acesso pavimentado do papel já foi dado pelo Governo do Estado. Durante a 8ª edição do Governo Presente, realizada no Alto Sertão, o governador Renan Filho e o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, assinaram a autorização para dar início ao processo licitatório da obra, que será executada por meio do programa Pró-Estrada.

“É notável que o desenvolvimento de muitos municípios do Alto Sertão está ligado diretamente ao turismo. Para incentivar cada vez mais essa atividade e gerar renda para os sertanejos, o Governo de Alagoas vem fornecendo infraestrutura adequada para que os turistas queiram voltar e novas pessoas sejam atraídas. A nossa meta é expandir o programa e levar mobilidade a todos os municípios alagoanos, de norte a sul”, pontua Mosart Amaral.

O programa

Em pouco mais de um ano de atuação, o Pró-Estrada tem levado serviços de mobilidade para mais de 60 municípios, com recursos exclusivamente estaduais. O programa soma mais de 700 quilômetros da malha viária do Estado entre obras já entregues ou em andamento de reestruturação de rodovias e acessos, pavimentação de vias urbanas e construção de novas estradas.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: