População sertaneja será beneficiada com serviços de saúde no Governo Presente

Texto de Marcel Vital

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) participa, de quinta-feira (23) a sábado (25) desta semana, de mais uma edição do Governo Presente. Durante a ação, que irá ocorrer sempre a partir das 8h, diversos serviços de saúde serão disponibilizados, focando a prevenção de doenças e a promoção da saúde.

Os municípios a serem beneficiados são Delmiro Gouveia, Mata Grande, Piranhas, Olho D’Água do Casado, Pariconha, Água Branca, Inhapi e Canapi. Além de disponibilizar vacinas, serão ofertados pela Sesau serviços de medição da glicemia, aferição de pressão arterial, testagem rápida para sífilis, HIV e hepatites B e C, bem como avaliação antropométrica (peso e altura), com orientação de nutricionista.

Na Arena da Primeira Infância, em Delmiro Gouveia, as futuras mamães receberão orientações sobre os prejuízos do uso da mamadeira e chupeta e serão informadas sobre a alimentação adequada durante a gestação e lactação. O preparo das mamas, a higienização do banho do bebê, o cuidado com o umbigo e a prevenção do tétano neonatal, doença que pode acometer recém-nascidos de dois a 28 dias de vida, serão temas da orientação.

E para ampliar os sentimentos que afloram nessa fase, a equipe da Sesau vai transformar, com desenhos divertidos e criativos, os ventres das gestantes em uma tela, por meio da técnica conhecida como arte gestacional ou baby bump painting, método iniciado no Reino Unido e que tem feito sucesso no mundo todo.

Já na Arena Bem-Estar, a Sesau vai promover sessões de massagem, pilates, práticas laborais e distribuição de kits com lanches saudáveis, a fim de melhorar a resistência muscular diminuindo o cansaço físico, os quadros de depressão, ansiedade, alívio de estresse e aumento da autoestima.

Saúde bucal

Visando estimular e ensinar técnicas corretas de higiene bucal e indicar as áreas que exigem atenção extra durante a escovação e o uso do fio dental, a Sesau vai realizar palestras para as crianças de 3 a 14 anos. Elas vão participar de atividades lúdicas e, em seguida, escovarão os dentes seguindo as orientações de uma dentista.

Veja também  Criançada lota Sala de Exibições em primeira sessão da Mostra de Cinema Infantil

“O momento vai ser importante para tirar dúvidas das crianças sobre a saúde bucal e escovação com a profissional. Além disso, a dentista orientará as crianças para evitar o desenvolvimento de infecções, cáries e desgaste nos dentes”, destacou a assessora técnica da Sesau, Alessandra Viana Rolin.

Com a proximidade do verão, a Sesau vai redobrar a atenção na prevenção contra a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da zika, dengue e chikungunya. Também haverá visitas domiciliares nas áreas com maior índice de infestação predial. Além da inspeção, os agentes de endemias vão orientar sobre como impedir que a água parada se acumule, evitando, assim, o surgimento de novos focos do mosquito.

“A melhor forma de prevenir essas doenças é a eliminação do mosquito. Como não existem vacinas ou medicamentos que impeçam a contaminação, é necessário diminuir a quantidade de criadouros que circulam nos ambientes. Para isso, iremos orientar a população como deve ser feito a eliminação correta dos criadouros do Aedes aegypti, que coloca seus ovos em recipientes com água, por meio da distribuição de panfletos, repelentes e insetário”, ressaltou a assessora.

Nesta edição do Governo Presente também serão ofertadas consultas com mastologistas, ortopedistas e angiologistas. De acordo com Alessandra Rolin, durante a consulta com o mastologista, o especialista fará perguntas às mulheres sobre seu histórico de saúde e familiar, seus hábitos e queixas, uma espécie de entrevista para coletar informações importantes, chamada de anamnese.

Depois, será realizado o exame físico da mama e posteriormente alguns exames complementares serão pedidos, para verificar se há algum problema, como a mamografia, que é o principal método de diagnóstico, e a ultrassonografia. A partir dos resultados, poderão ser realizadas punções e biópsias para maiores conclusões.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: