Previsão para Alagoas é de chuva moderada até quinta-feira (1)

Texto de Severino Carvalho e Nigel Santana

A previsão do tempo para esta terça-feira (30) e para os próximos dois dias é de chuva moderada na região Metropolitana, Zona da Mata, Baixo São Francisco e em toda a faixa litorânea  de Alagoas. A informação é da Sala de Alerta da Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). Dessa forma, a tendência é que o nível dos rios e lagoas deve continuar a baixar.

O meteorologista da Sala de Alerta, Vinícius Pinho, entretanto, faz uma ressalva: todos precisam permanecer em alerta com total atenção às áreas vulneráveis em Alagoas.

“Apesar de essa chuva não ser tão intensa quanto à anterior, pode continuar nos causando transtorno, porque o solo está bastante saturado, principalmente na região Metropolitana. As lagoas continuam muito elevadas. Qualquer chuva, por mais moderada que seja, pode continuar causando problemas, principalmente em áreas de risco de deslizamentos”, ponderou Pinho.

O comunicado da Sala de Alerta já foi devidamente repassado à Defesa Civil Estadual e ao Gabinete do Governador. Deve-se dar atenção especial às áreas de encosta, pois o solo encontra-se saturado e instável.

De acordo com o meteorologista, nesta terça, na região Metropolitana, Zona da Mata, no Baixo São Francisco e em toda a faixa litorânea haverá variação de nebulosidade com poucos períodos de sol, além de possibilidade de chuva leve, fraca, em alguns momentos do dia, intercalada por momentos de tempo seco.

Veja também  Governador autoriza em Porto Calvo construção do Hospital Regional do Norte

“Na quarta-feira (31), teremos tempo instável com chuva no Litoral, Baixo São Francisco e Zona da Mata. No Agreste, possibilidade de chuva em períodos isolados do dia. Nas outras regiões não há previsão de chuvas. Já na quinta-feira, a mesma coisa: tempo instável com chuvas no Litoral, na Zona da Mata e no Baixo São Francisco”, informou Vinícius Pinho.

Rios e lagoas

O gerente de Operações da Semarh, José Gino de Oliveira, informa que os rios baixaram consideravelmente, sobretudo o Paraíba e o Mundaú. As exceções são o Jacuípe, no município de mesmo nome, e o Manguaba, em Porto Calvo, ambos na região Norte, que ainda permanecem com o nível elevado.

“O Jacuípe está baixando, em média, de sete a oito a centímetros por hora. Já o Manguaba chegou a subir cinco metros e baixou um metro e meio”, acrescentou.

“Já as lagoas já baixaram consideravelmente também, sobretudo a Manguaba, porém o nível ainda está com cerca dois metros de elevação”, revelou José Gino .

Todo o monitoramento acerca das chuvas e dos níveis dos rios e lagoas ocorre diariamente, assegura a Sala de Alerta da Semarh.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: