Programa nacional de capacitação inicia primeira turma em Alagoas

Texto de Renata Bello

Em continuidade ao processo de aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), iniciou na segunda-feira (3) a primeira turma do Programa Nacional de Capacitação do Sistema único de Assistência Social do Governo Federal, o CapacitaSuas.

O programa, desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (UFAL), iniciou as aulas no campus Maceió, com o curso de Introdução ao Provimento dos Serviços e Benefícios Socioassistenciais do Suas. O primeiro dia de capacitação teve início no auditório da reitoria da Universidade, onde os alunos receberam boas-vindas dos instrutores selecionados por meio de edital, antes de seguirem para sala de aula.

Para a assessora de Governança e Transparência da Seades, Daniella Gazzaneo, o CapacitaSuas chega ao Estado para qualificar a execução da política de assistência social.

“Toda a turma está com grandes expectativas para o que vem pela frente. Neste primeiro dia de aula já foi possível perceber que os professores são qualificados e que teremos um conteúdo rico para aprender durante essa semana”, destacou.

A matriz pedagógica do curso foi discutida entre a coordenação estadual do programa em Alagoas e Ufal. Já a Secretaria Nacional de Avaliação e Gestão da Informação (Sagi) é a responsável pelo desenvolvimento das metodologias para o CapacitaSuas, trabalhando em conjunto com a Secretaria Nacional de Assistência Social.

Veja também  Feira Orgânica da Semarh chega a 9ª edição nesta terça-feira (4)

O secretário Fernando Pereira avalia este momento como único para os trabalhadores do Suas, que poderão se atualizar por meio de um cronograma de aulas que respeita as especificidades do Estado de Alagoas.

“Para este segundo semestre, o CapacitaSuas é uma das ações mais importantes da Seades. Conseguimos descentralizar as turmas entre três cidades-polo, Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia, o que facilitará a participação de todos os municípios. Esperamos que essa qualificação contribua para melhoria dos indicadores do Suas e a melhoria da qualidade dos serviços e benefícios socioassistenciais ofertados à população em situação de vulnerabilidade e risco social em Alagoas”, disse o secretário.

Até o final do curso 2.778 trabalhadores do Suas do nível médio e superior serão capacitados em algum dos oito cursos oferecidos pelo programa.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: