Reeducandas iniciam trajetória para mudança de vida por meio da reflexão

Texto de Mayara Wasty

Refletir sobre os atos do passado, trilhar um caminho digno no presente e colher bons frutos no futuro. Nesta quarta-feira (29), foi realizada mais uma edição do projeto ‘Repensando Escolhas’, no Espaço Multieventos do Presídio Santa Luzia.

Durante a iniciativa, desenvolvida pela Gerência de Reintegração Social da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), as internas participaram de uma atividade educativa para reescrever uma nova história de vida.

Criado pela Seris, em 2015, o ‘Repensando Escolhas’ é destinado as pré-egressas, ou seja, reeducandas que estão prestes a sair do regime fechado e retornar ao convívio social. Por meio de atividades lúdicas, palestras, filmes, música e teatro, a Reintegração Social cria um debate sobre perspectivas de futuro para as internas.

A gerente de Reintegração Social, Shirley Araújo, destaca a aceitação do projeto e o envolvimento das apenadas. “Todas as vezes que realizamos esses momentos elas agradecem muito, pois é um momento diferente e uma oportunidade de sair daquela situação de encarceramento e refletir, buscando um futuro promissor longe da criminalidade”, disse.

A interna Rosilene da Silva afirma que a oportunidade de refletir sobre os erros do passado é importante para tentar mudar de vida. “Acho o projeto muito bom. Ele nos mostra que essa vida de crime não compensa. Precisamos mudar, crescer. Penso em sair daqui para cuidar dos meus filhos, minha família. Hoje sei que essa vida de crime não tem futuro”, finaliza.

Veja também  Controladora-geral participa da programação de aniversário de 70 anos da Câmara de João Pessoa

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: