Renan Filho recebe Comissão Pastoral da Terra e garante apoio ao homem do campo alagoano

Texto de Maria Barreiros

Com o propósito de encontrar soluções para as demandas apresentadas pelo Movimento de Reforma Agrária, o governador Renan Filho recebeu, nesta sexta-feira (31), os integrantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Todas as pautas foram ouvidas e tiveram seus encaminhamentos realizados.

Um dos destaques da reunião foi o ajuste da Escola Itinerante e a garantia da celebração do convênio do biênio 2017/2018. O programa leva educação aos que vivem em áreas de assentamentos e acampamentos.

Renan Filho firmou compromisso também em resolver problemas em áreas de conflitos no município de Murici, onde vivem mais de 300 pessoas. Na ocasião, o governador deliberou ações para que o Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) possa tomar providências em relação às terras produtivas, e deixou agendada uma reunião com representantes da Caixa Econômica Federal para chegar a uma solução.

O governador ressaltou a importância de fortalecer a presença do homem do campo em seu habitat de produção e não obrigá-lo a fazer o êxodo para a cidade.

“Receber os movimentos sociais é uma alegra e um dever nosso. Ouvi-los e, sobretudo, encontrar soluções para os problemas do dia a dia da nossa agricultura familiar. A Comissão Pastoral da Terra vem buscando parcerias para assentar famílias, para seguir produzindo, para facilitar a comercialização da produção, e eu serei sempre um parceiro na busca de mecanismos, sobretudo para quem mais precisa produzir em Alagoas,” observou o governador.

Veja também  Operação conjunta prende integrantes de organização em Alagoas e na Bahia

Um dos coordenadores da Comissão Pastoral da Terra, José Carlos da Silva, falou que o grupo saiu esperançoso e confiante diante das rápidas soluções dadas pelo chefe do Executivo alagoano.

Fonte: Agência Alagoas
Compartilhe: