Resultado do Encceja do ensino fundamental será divulgado até dia 29

Texto de Tais Albino, com informações do Inep

Os candidatos que prestaram o Exame Nacional para a Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017, referente ao ensino fundamental, estão mais perto de saber o resultado do certame. O Encceja possibilita aos aprovados obterem de conclusão do ensino médio ou fundamental.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, divulgou que até o dia 29 desse mês o resultado vai ser liberado. As notas poderão ser consultadas por meio de CPF e senha cadastrada no momento da inscrição, acessando o site enccejanacional.inep.gov.br.

(Foto: Valdir Rocha)

Para ser aprovado e poder solicitar a emissão do certificado, o candidato deve atingir 100 pontos em cada uma das áreas do conhecimento e nota mínima na redação.

Os participantes que não obtiverem nota suficiente em alguma área do conhecimento poderão receber o certificado parcial de proficiência. Depois disso, basta se inscrever para o próximo Encceja e escolher apenas as provas em que não atingiu nota mínima.

“Os candidatos aprovados devem solicitar a emissão do certificado à Secretaria Estado de Educação (Seduc), no setor de certificação, que fica na Escola Estadual José Correia da Silva Titara, no Cepa”, informa Mônica Sarmento, supervisora de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e uma das coordenadoras do Encceja em Alagoas.

Veja também  Inácio Loiola requer instalação de delegacia especializada em crimes cibernéticos

Encceja 2018

As inscrições para o Encceja 2018 começam no dia 16 de abril e seguem até 27 do mesmo mês, por meio do site do programa enccejanacional.inep.gov.br. A aplicação nacional do exame acontece no dia 5 de agosto, enquanto o Encceja Exterior ocorre em 16 de setembro. No caso de pessoas privadas de liberdade, as provas acontecem nacionalmente nos dias 18 e 19 de setembro e, no exterior, de 17 a 21 do mesmo mês.

Fonte: Agência Alagoas
Compartilhe: