Ronda no Bairro amplia ainda mais o alcance das forças de segurança em Alagoas

Texto de Ana Daniella Leite

O Governo do Estado inicia o ano de 2018 em ritmo acelerado. Nesta quinta-feira (4), será lançado o Programa Ronda no Bairro, mais uma ação integrada na prevenção e no combate à violência em Alagoas. Essa nova forma de fazer segurança pública aproxima os agentes do Estado dos cidadãos e facilita que identifiquem as necessidades de cada território de atividade.

A área comercial do bairro do Jacintinho, em Maceió, será o marco inicial do programa. A tropa será dividida em trios de patrulhamento, compostos por um militar da reserva e dois da ativa, nas seguintes modalidades: a pé, de moto e de bicicleta, em dois turnos de serviço diários, das 6h30 às 14h30 e das 14h30 às 22h30. Todas as abordagens realizadas pelas patrulhas devem ser filmadas e armazenadas num servidor do Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec).

Além do Jacintinho, o programa também será executado no Centro e na orla marítima da capital ainda no primeiro semestre deste ano.

Os militares voluntários executarão suas funções em seu período de folga, concorrendo a oito serviços, em concordância com a Lei Estadual Nº 7.952, de 12 de dezembro de 2017, referente ao Serviço Voluntário Remunerado (SVR) de 8 horas.

A implantação deste novo braço da segurança pública será integralmente realizada com recursos próprios, resultado do planejamento e do esforço do Governo do Estado para honrar com seus compromissos e, ainda assim, conseguir destinar recursos para investir em áreas essenciais da sociedade.

O governador Renan Filho afirmou que o conjunto de realizações na área da segurança pública, nos últimos três anos, é muito significativo e que Alagoas vai avançar ainda mais.

“Com os investimentos em infraestrutura e o aumento do efetivo – proporcionado pela convocação da reserva técnica da Polícia Militar, o novo concurso para a PM, a implantação do Força Tarefa e os Centros Integrados de Segurança Pública – conseguimos reduzir os índices de violência. Alagoas deixou o primeiro lugar no ranking nacional, e Maceió, que durante 10 anos seguidos era considerada a capital mais violenta do País, caiu para 8º lugar. Quando os dados de 2017 forem fechados, vai cair ainda mais. O Ronda no Bairro vem fortalecer essas ações de segurança pública, para que possamos avançar cada vez mais”, declarou Renan Filho.

O governador do Estado estará presente no lançamento do programa, que conta com uma programação extensa e diversificada para atender à comunidade. Às 8h, tem ginástica funcional e campeonato de futsal mirim; às 9h, apresentação da banda da Polícia Militar de Alagoas e do Afoxé Omorewá; às 10h, lançamento oficial com participação do Coral do Caps Jacintinho; às 14h, apresentação de capoeira; às 17h, coco de roda e, às 19h, aula de zumba.

O Ronda no Bairro está sob a alçada das secretarias de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) e da Segurança Pública (SSP) e tem por base os seguintes eixos de atuação: segurança de proximidade; abordagem social/comunitária; atenção à população em situação de vulnerabilidade social e articulação para a requalificação de espaços de convivência mútua degradados.

Veja também  Ações da Sesau no 2º quadrimestre são apresentadas na ALE

Segundo a secretária de Prevenção à Violência, Esvalda Bittencourt, o programa tem total consonância com os objetivos da Seprev, pois, além de aproximar a polícia dos cidadãos, irá auxiliar na redução dos indicadores de criminalidade, a partir de ações de prevenção à violência qualificada.

“Costumo dizer que na vida temos que ser iguais à fábula do beija-flor: quando cada um faz a sua parte é possível alcançar grandes resultados, mas se juntarmos forças, alcançaremos mais facilmente nossos objetivos. E o governador Renan Filho também pensa assim e teve esta ideia brilhante de unificar a atuação da Polícia Militar e da Seprev, garantindo a efetividade e a qualidade deste programa inovador”, enfatizou a secretária Esvalda.

O programa também possui uma Central de Articulação de Abordagem Social composta por uma equipe multidisciplinar, que será responsável pelo reconhecimento e encaminhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade social aos órgãos e aos programas competentes.

Além disso, renderá atenção à mediação de conflitos urbanos e ao enfrentamento ao Crime Violento Contra o Patrimônio (CVP) – caracterizado pelo furto, roubo e depredação de prédios e espaços públicos. Essas ações acontecem de forma conjunta com o Centro Integrado Operacional de Segurança Pública (Ciosp), com o videomonitoramento de Maceió, o Disque Denúncia (181) e o Serviço de Inteligência do Sistema de Segurança Pública.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Lima Júnior, o Ronda no Bairro é mais um grande avanço do Estado na defesa do povo alagoano. “O programa vai trabalhar integrado com a Segurança Pública e vai trazer grandes resultados na redução de índices dos crimes. É com muita alegria e satisfação que recepcionamos uma nova ação de combate ao crime no nosso Estado e não tenho dúvidas que quem sairá ganhando é a sociedade alagoana”, disse.

A premissa é alcançar os anseios da comunidade, atuar efetivamente como agente preventivo e criar uma rede de interlocução entre lideranças comunitárias, comunidade escolar (municipal, estadual e privada) e demais representantes da sociedade civil.

O Ronda no Bairro também tem como parceiro o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), que há 15 anos é desenvolvido pela Polícia Militar de Alagoas (PMAL) e voltado para crianças, adolescentes e adultos no intuito de inibir o avanço das drogas e da violência junto às comunidades.

“É uma nova forma de fazer segurança, uma nova forma de conscientizar a população sobre a importância da prevenção em prol de uma sociedade mais harmônica. Esperamos criar vínculos com os moradores, frequentadores, comunidade escolar e comunidade comercial em cada um dos nossos territórios”, concluiu o coronel RR Maxwell Santos, coordenador do Ronda no Bairro.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: