Samu monta força-tarefa e atende mais de 50 vítimas da colisão entre ônibus escolares

Texto de Arnaldo Santtos

O Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) mobilizou mais de 35 profissionais e nove ambulâncias para atender as vítimas da colisão entre dois ônibus escolares na noite de sexta-feira (30). No acidente, que ocorreu na AL-110, próximo ao município de São Sebastião, distante 130 km de Maceió, 54 pessoas foram socorridas.

A maioria dos pacientes foi encaminhada para a Unidade de Emergência do Agreste, em Arapiraca, que também montou uma força-tarefa para atender as vítimas. Fizeram parte da equipe, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas, além do pessoal de apoio da Central de Regulação.

As ambulâncias utilizadas na operação de resgate se deslocaram da Central do Samu de Arapiraca, além das Bases Descentralizadas de São Sebastião, Porto Real do Colégio, Campo Alegre, Batalha e Girau do Ponciano.

Também participaram da ação, militares do Corpo de Bombeiros e técnicos das Secretarias de Saúde de São Sebastião, Junqueiro, Teotônio Vilela e Arapiraca, que enviaram ambulâncias cidadãs para ajudar no transporte das vítimas do acidente.

Para o supervisor do Samu em Arapiraca, Fabiano Lucio, apesar da tragédia ocorrida, o Estado demonstrou a sua capacidade de organização, disponibilizando toda a estrutura da saúde para o atendimento de urgência e emergência em situações críticas.

Veja também  Alagoas lidera ranking nacional de transparência pública

“Foram mobilizadas as unidades do Samu, do Corpo de Bombeiros Militar, da Unidade de Emergência do Agreste e do Hemocentro Regional de Arapiraca para uma ação articulada, que apontou o zelo e preocupação do Governo do Estado com a saúde da sua população”, salientou.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: