Secult divulga selecionados do concurso de textos dos 200 anos de AL

Texto de Daniel Borges

A Secretaria de Estado da Cultura publicou, no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (30), o resultado final do primeiro Concurso Público de textos em prosa sobre os 200 anos de Emancipação Política de Alagoas. O edital foi lançado em março, com o intuito de selecionar dez textos para compor o livro do Bicentenário alagoano.

Os trabalhos foram avaliados por uma comissão julgadora, constituída por escritores, historiadores, jornalistas e críticos literários, indicados pela Secult, de acordo com critérios de originalidade, criatividade, uso adequado de técnicas e características do estilo do trabalho.

Os vencedores receberão uma premiação no valor de R$ 2 mil, cada, e comporão o livro ao lado de renomados escritores alagoanos, como Douglas Apratto, Jayme de Altavila, Álvaro Queiroz, Raquel Rocha, Luitgarde Cavalcanti, Enaura Quixabeira, Solange Lages, Golbery Lessa, Edilma Acioli e Zezito Araújo.

Foram selecionados Antônio Miguel da Silva – Sou eu, Alagoas; Jalon Nunes de Farias – Bicentenário de Alagoas: O Agreste e o Sertão na composição do Estado de Alagoas; José Amauri Clemente – Emancipação Política do Estado de Alagoas; José Ronaldo Correia de Melo – Bicentenário de Alagoas: múltiplas iguarias; Luciano Luiz Araújo – Uma Jornada Radiante na Jangada Radiosa; Marcionilo do Espírito Santos Neto – O Histórico caminhar de Alagoas: das origens até hoje; Maria das Graças Silva Monteiro – Espelho D’água; Maria de Lourdes do Nascimento – Em gênero prosístico, o registro: Alagoas 200 anos; Maria Jucilene de Moraes Silva – Bicentenário da Emancipação Política de Alagoas; e Vera Lúcia Batista do Nascimento – Retalhos Cerzidos.

Veja também  Prazo para pagamento de IPVA se encerra nesta sexta-feira (30)

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: