Sedetur abre edital para participação de artesãos em feira nacional

Texto de Thiago Tarelli

Com intuito de valorizar e promover a comercialização do artesanato genuinamente alagoano, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) inicia nesta terça-feira (27) as inscrições para seleção de oito artesãos para participação no 10º Salão do Artesanato que acontecerá em Brasília (DF) nos período de 4 e 8 de abril.

A publicação do edital no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (27) traz detalhes sobre o procedimento para inscrições que poderão ser feitas por e-mail, pelos Correios ou presencialmente, no horário de 8h às 17h, na sede da secretaria, localizada no bairro do Jaraguá. As inscrições podem ser realizadas até o dia 8 de março.

Entre os critérios, as técnicas e tipologias selecionadas deverão apresentar a diversidade artesanal de Alagoas, fazendo referência à cultura popular e utilizando como inspiração elementos locais, além de criatividade, linguagem própria, consciência ambiental e inovação.

“O estande de Alagoas em eventos nacionais se destaca pela diversidade em tipologias que apresentamos. Para alcançar esse resultado, é imprescindível que artesãos de todo o Estado se inscrevam e aproveitem essa importante vitrine para divulgar seu trabalho e comercializar suas peças”, explicou a gerente de Design e Artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos.

Veja também  Seris expande parcerias e promove reintegração social por meio do trabalho

Já o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, explica que esta é só mais uma das ações promovidas pelo Governo do Estado para promoção do artesanato genuinamente alagoano.

“A feira é uma importante oportunidade para que os artesãos mostrem seus trabalhos para compradores de dentro e fora do país. Esta é só mais uma ação que o Governo de Alagoas promove para o artesanato, além disso, ainda identificamos e reconhecemos a produção genuína do Estado por meio do programa Alagoas feita à mão e realizamos o cadastro junto ao PAB que garante a isenção do ICMS em notas avulsas, fomentando ainda mais esta atividade que é fonte de renda para centenas de alagoanos”, conta Rafael Brito.

Para realizar a candidatura é necessário que o artesão seja maior de idade, tenha disponibilidade pra viajar ou enviar representante e esteja cadastrado no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), com carteira nacional dentro do prazo de validade. O edital pode ser conferido no site da Sedetur.

Fonte: Agência Alagoas
Compartilhe: