Seminário discute violência contra a população LGBT

Texto de Tácila Clímaco e Luciana Beder

A Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, por meio da Superintendência de Direitos Humanos e Igualdade Racial apoiou o 6º Seminário de Combate a Homofobia no Estado de Alagoas, realizado no auditório Aqualtune, no Palácio República dos Palmares, nesta sexta-feira (26).

Na oportunidade, a secretária da Mulher, Claudia Simões falou da importância da luta contra a homofobia. “Sou conhecedora da relevância deste evento para o segmento LGBT.  Sabemos que ele é fruto de muita luta. No entanto, se houvesse respeito entre as pessoas, não precisaríamos reinvidicar por igualdade. Precisamos aceitar as pessoas como elas são, com suas diferenças e singularidades”, disse a secretária.

Questões que envolvem as relações sociais de gênero e da diversidade sexual, e o combate a homofobia foram discutidas durante o seminário, que contou com a participação de diversos representantes e de ativistas do movimento LGBT, inclusive de nomes de destaque nacional na luta pelos direitos desse público, como Eduardo Piza, advogado e representante do Instituto Edson Neris, e Claudio Nascimento, filósofo e ativista LGBT.

O Seminário foi uma organização da Central LGBT de Alagoas, da Associação das Travestis e Transexuais de Alagoas (ASTTAL) e do Grupo Gay de Maceió (GGM), e faz parte das atividades da Marcha LGBT de Alagoas, que acontecerá neste domingo (28).

Veja também  Ensino integral registra alta procura em Palmeira dos Índios

A concentração da Marcha será em frente ao Hotel Sete Coqueiros e seguirá a partir das 15h até a Praça Multieventos, na orla da Pajuçara.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: