Técnicos do Serviço de Atendimento Domiciliar serão capacitados

Texto de Fabiano Di Pace

A equipe multidisciplinar que atua no Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) do município de Palmeira dos Índios, no Agreste do Estado, será capacitada nesta quinta-feira (27), por técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O treinamento será realizado a partir das 8h, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, localizada no bairro Paraíso.

De acordo com a assessora técnica do Serviço de Atendimento Domiciliar da Sesau, Aline Morais, o serviço proporciona uma assistência a pacientes que podem receber a continuidade de seu tratamento em suas residências. “É realizado uma avaliação do quadro clínico do paciente internado em uma unidade hospitalar e, caso esteja apto, ele é transferido para a sua residência. O paciente é então acompanhado por uma equipe multiprofissional, garantindo a continuidade do tratamento”, explicou.

Além de Palmeira dos Índios, o Serviço de Atendimento Domiciliar já está implantado nas cidades de Atalaia, Arapiraca, Campo Alegre, Girau do Ponciano, Junqueiro, Maceió, Marechal Deodoro, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos, Teotônio Vilela, União dos Palmares e Viçosa. De acordo com Aline Morais, outras cidades já tiveram seus projetos aprovados pelo Ministério da Saúde (MS) e implantarão o serviço até o final do ano.

Veja também  Técnicas e enfermeiras da SMS participam de pesquisa nacional sobre HPV

“Os municípios de Cajueiro, São José da Lage, Penedo e Matriz de Camaragibe passarão por capacitações nos próximos meses. A partir de então, estarão preparados para colocar o Serviço de Atendimento Domiciliar à disposição da população, ampliando a resolutividade e humanização do tratamento para os pacientes tratados em suas residências”, destacou Aline Morais.

A assessora do Serviço de Atendimento Domiciliar ressaltou, ainda, que a iniciativa auxilia no excesso de demanda por leito em hospitais referências, liberando quartos para novos pacientes. “Além de ampliar o bem estar dos pacientes, o programa aumento o número de leitos disponibilizados à população”, destacou.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: