Alunos e professores da rede estadual participarão de curso de formação poética

Texto de Lucas Leite e Luana Santana

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com o Instituto Lumeeiro, está ofertando a professores e alunos da rede pública estadual um curso de formação do projeto Papel no Varal – Escola.

O curso tem como objetivo inserir a poesia na vida dos estudantes, além de auxiliar na formação de novos leitores e aliar as atividades lúdicas às práticas didáticas adotadas pelos educadores.

A capacitação presencial ocorre nos dias 26 e 28 de abril  e 3 e 5 de maio, das 14h às 18h, no Centro de Formação Ib Gatto Falcão (Cenfor), localizado no Cepa. Podem participar dois alunos e um professor, de qualquer disciplina, por inscrição. Não há limite para um número de inscrições por escola.

Os interessados devem preencher um formulário do Centro de Artes e Mediações Culturais (Camec), da Seduc, por meio do endereço eletrônico https://docs.google.com/a/educ.al.gov.br/forms/d/e/1FAIpQLSeyhwREjBvLZF4TPBp8fsalISRZ90mXZNfxqI2m3TCiVD9yZQ/viewform?c=0&w=1.

Ao final do encontro, os participantes receberão um certificado de 40h, e os educadores poderão replicar o conhecimento obtido em sala de aula. As escolas participantes serão contempladas com o sarau Papel no Varal, promovido pela equipe do Instituto Lumeeiro.

Veja também  Renan Filho assina contrato para duplicação da AL-220, entre Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos

Autonomia

De acordo com o presidente do Instituto Lumeeiro, Ricardo Cabus, o projeto Papel no Varal – Escola dá autonomia aos professores para realizar eventos lúdicos voltados à poesia. Ele afirma ainda que a recepção dos alunos da rede pública é de extrema importância.

Na primeira edição tivemos uma recepção muito boa dos alunos, com participações tanto nas leituras quanto na organização do evento na escola. Vimos, entre os jovens, líderes com o poder de aglutinação, por isso decidimos abrir espaço para eles no próprio curso, para que possam ver como se dá a organização de tudo desde o início e possam estimular ainda mais os colegas”, explica Cabus.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: