Concurso: Prefeitura vai investir valor arrecadado em capacitação

A Prefeitura de Maceió vai investir todo o valor excedente arrecadado com as inscrições para os concursos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e da Secretaria Municipal de Controle Interno (SMCI) na capacitação de servidores. De acordo com a Procuradoria Geral do Município (PGM), foram arrecadados R$ 772 mil, e a destinação do valor será fiscalizada pelo Ministério Púbico Estadual (MPE), a exemplo do que foi feito no último concurso da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), quando foi arrecadado e investido mais de R$ 1 milhão na capacitação dos servidores da SMS.

“Nós negociamos o contrato sempre pensando no interesse público e no melhor para Maceió. Creio que a prática que adotamos serve de modelo para outras unidades da federação, o que só foi possível graças ao prefeito Rui Palmeira, que nos deu apoio e liberdade necessários para que negociássemos os termos do contrato de maneira a preservar o interesse público”, pontuou o presidente da Comissão de Concursos da Prefeitura e procurador do Município, Fernando Amorim.

Mais transparência

Amorim também comentou a importância dos investimentos para a Prefeitura. “O Município tem o compromisso com a formação continuada de seus servidores. O revigoramento da máquina administrativa não se resume à realização de concursos públicos para o ingresso de novos servidores, mas depende também da capacitação daqueles que já estão nos quadros do Município de Maceió”, destacou.

Veja também  Candidatos aprovados no Sisu têm até hoje para fazer matrícula

“Presido concursos no Município pela terceira vez e em todas as gestões jamais tivemos problemas com a execução dos concursos públicos. É evidente que a atual gestão tem trabalhado de maneira transparente para propiciar à população a melhor qualidade possível do serviço público. Como servidor de carreira, posso afirmar que esse concurso, assim como o concurso da SMS, está sendo dotado da mais absoluta transparência, pois fazemos questão de que o MPE e de Contas acompanhem todos os nossos atos”, acrescentou Fernando Amorim.

Eberth Lins/ Secom Maceió

Compartilhe: