Uneal é a primeira instituição a ofertar a disciplina Educação Fiscal no ensino superior

Texto de Clau Soares

A Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) passa, a partir desse semestre, a ser a primeira instituição de ensino superior deAlagoas e a segunda do Nordeste a oferecer a disciplina Educação Fiscal em sua grade curricular. Além da Uneal, somente a Universidade Estadual da Paraíba, em João Pessoa, possui a matéria em cursos de ensino superior.

Qualquer estudante da instituição pode cursar a disciplina, desde que haja disponibilidade de vagas e o curso ao qual o aluno está vinculado libere.

A gerente do Programa de Educação Fiscal da Sefaz, Glácia Tavares, destacou o pioneirismo da Uneal, que passa a contribuir ainda mais com a sociedade e com a formação de profissionais qualificados na área. “Isso avança o Programa de Educação Fiscal, que completa 17 anos no Brasil, mas que, nas universidades, vem crescendo somente nos últimos cinco anos”, avaliou.

Ontem (28), em Arapiraca, o vice-reitor da Uneal, Clébio Correia de Araújo, reuniu representantes da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e da Receita Federal para debater a disseminação da educação fiscal no interior de Alagoas.

A reunião na sede da Reitoria contou com a presença do chefe de Atividades Pedagógicas da Sefaz, Yuri Miranda; da pró-reitora de Planejamento e Gestão, Rejane Viana; e do chefe de Gabinete da Uneal, Odilon Máximo.

Veja também  Governo Presente deve beneficiar a abertura de empresas na Zona da Mata

No encontro, mediado pelo coordenador do curso de Ciências Contábeis, Anderson Barros, o grupo propôs diversas ações para tornar a educação fiscal mais acessível ao público. No segundo semestre, os três órgãos irão realizar um seminário para discutir e ampliar o tema no interior do Estado.

“Esta reunião fortalece ainda mais a parceria entre a Uneal, Sefaz e Receita Federal em torno da educação fiscal – grande bandeira da instituição , que tem o Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) como carro-chefe”, explicou o vice-reitor Clébio de Araújo.

Para o delegado da Receita Federal em Alagoas, Plínio Feitosa, a Uneal abriu as portas e encampou a ideia, levando o trabalho adiante, com muito entusiasmo e competência. Em 2016, a Uneal implantou o NAF, que conta com 18 estudantes voluntários, no Agreste alagoano.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: