Alunos da Rede Municipal são aprovados no Ifal

Através dos incentivos ofertados pela Prefeitura de Maceió por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), da aplicação de didáticas eficazes de ensino e ao empenho do corpo docente, estudantes do 9º ano da Rede Municipal de Ensino comemoram a aprovação no vestibular 2018 do Instituto Federal de Alagoas (IFAL).

Dentre os programas que auxiliaram na obtenção da aprovação dos alunos da rede, estão os conhecidos “aulões”, que reforçam o conteúdo das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Eles são ministrados aos sábados, durante todo o ano, pelos professores Allan Gomes, Natércia Lopes e Carla Navarro, nas escolas que possuem turmas do 9º ano do Ensino Fundamental. “Apesar de possuírem foco na Prova Brasil, os aulões têm se mostrado eficientes no preparo dos alunos para as provas do IFAL”, destaca a técnica pedagógica da Semed, Cheila Vasconcelos.

A Escola Municipal Jaime Miranda, situada na Santa Lúcia, teve 12 de seus alunos e alunas aprovados no exame, mais 10 que estão na suplência aguardando serem chamados. Eles passaram nos cursos de Informática, Química, Estradas, Mecânica, Eletrônica e Eletrotécnica. A estudante Luize Keyla da Silva Oliveira, da Escola Municipal Zumbi dos Palmares, vai cursar Informática no instituto. Recentemente, foi eleita a secretária mirim de Educação de Maceió. Além dela, mais uma estudante da instituição foi aprovada.

A secretária mirim cursará Informática no Instituto. Foto: Ascom Semed

A secretária mirim vai cursar Informática no Instituto. Foto: Ascom Semed

Algumas outras iniciativas, como a da Escola Municipal Pompeu Sarmento, também renderam frutos. A instituição promoveu aulas extras em horários contrários aos do ensino regular, o que contribuiu para a aprovação de três alunos.

Veja também  Alunos do Município vão a competição de raciocínio lógico em SP

“Os professores de Língua Portuguesa e Matemática não se limitaram à carga horária estabelecida. Eles levaram aos alunos questões de anos anteriores do IFAL em forma de simulados. Essas atividades também são utilizadas para estudos de provas de concursos públicos. Os docentes focaram, durante as aulas, na interpretação de textos e no incentivo à leitura, para que os estudantes possam adquirir conhecimento não só das disciplinas, mas também da atualidade”, informa a coordenadora do Ensino Fundamental II, Maria da Apresentação.

Ascom Semed

Compartilhe: