Arser realiza transmissão ao vivo de licitação presencial

Mais um marco para o aprimoramento da transparência na gestão municipal foi dado na manhã desta terça-feira (15) na sede da Agência Municipal de Regulação de Serviços Delegados (Arser). Trata-se da primeira transmissão ao vivo de uma licitação presencial cujo objeto é a Contratação de Estudos Técnicos e Anteprojeto para Implantação de Corredor de Transporte na Avenida Menino Marcelo. A demanda é de interesse da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet)

A sessão foi iniciada às 09 horas e transmitida em tempo real pelo canal da Arser no YouTube, pelo link https://www.youtube.com/channel/UCYLkbDZVjJrHCIOp6l5RlGA/live.

“Todas as licitações presenciais a partir de agora serão transmitidas ao vivo”, disse Vanderléia Guaris, diretora de Licitações e Contratos da Arser. “O objetivo é tornar a licitação ainda mais transparente, pública e demonstrar a lisura de todo o processo”, acrescentou a gestora.

Embora a licitação presencial represente em média 5% dos processos abertos pela Arser, a transmissão ao vivo desta modalidade se configura como mais um salto para o município na busca por maior transparência em seus processos de aquisição de bens e serviços.

arser-pregao-presencial-2

Reprodução do canal do YouTube durante transmissão ao vivo

Habilitação

A etapa em questão é a de habilitação das empresas proponentes. Na mesa, além da presidente e dos integrantes da comissão de licitação, contou-se com a presença de um representante das cinco empresas convidadas. Duas delas enviaram envelopes com a documentação necessária para a habilitação.

Veja também  Marcelo Palmeira assina cooperação com o MTE nesta terça

O próximo passo será a divulgação do resultado da habilitação. As empresas participantes têm até três dias para entrar com recurso. Depois de disso, será realizada uma nova sessão para a abertura das propostas de preço. A previsão é que a nova sessão seja realizada em até seis dias, com nova transmissão em tempo real.

Fernando Coelho/ Ascom Arser

Compartilhe: