Cidadania e Justiça na Escola aborda direitos dos idosos

“Viver é preciso, envelhecer é precioso: Conhecendo o Estatuto do Idoso” foi o tema discutido, na manhã desta segunda (21), com cerca de 250 alunos das Escolas Municipais Antídio Vieira e João Sampaio. O encontro ocorreu na Escola Superior de Magistratura (Esmal) e faz parte das ações do Programa Cidadania e Justiça na Escola.

A palestra, ministrada pelo coordenador do Programa Cidadania e Justiça na Escola, Anderson Passos, foi lecionada com base na Lei 8.842/1994, que trata da Política Nacional do Idoso. “Cuidar dos idosos é uma responsabilidade de todos, estado e cidadãos, primeiro porque um dia seremos idosos e depois porque eles merecem todo o respeito e atenção por seus anos de dedicação e sua trajetória de vida”, destacou Passos.

“Não se faz cidadania sem a tomada de consciência e alguns dos alunos que estão aqui hoje já estão fazendo uma trabalho com idosos no Lar São Vicente de Paula. Isso estimula a troca de experiências e de afeto entre eles, resgatando o idoso ao convívio social e conscientizando o jovem da importância de cuidar e proteger àqueles que um dia nos cuidou e nos protegeu”, esclareceu Luzia Rodrigues, professora da Rede Municipal de Ensino e responsável pelo projeto.

Veja também  Vandalismo prejudica condutores e passageiros de ônibus

dsc_0037

O aluno da Escola Municipal João Sampaio, Fernando Silva, relatou o que aprendeu na palestra. “Aprendi que os idosos têm seus direitos e que é importante preservar esses direitos, pois um dia também seremos idosos”, disse.

Programa Cidadania e Justiça na Escola

Fruto de parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Esmal, o Programa Cidadania e Justiça na Escola tem como objetivo conscientizar professores, técnicos das escolas, alunos, pais e responsáveis sobre seus direitos e deveres básicos, bem como aproximar o poder judiciário da vida do cidadão. Em 2017, a Mediação de Conflitos para uma Cultura de Paz é a principal temática abordada no Programa.

Amanda Bezerra (estagiária) / Ascom Semed

Compartilhe: