Comissão prepara Plano de Ordenamento do Centro de Maceió

A Comissão de Administração do Centro esteve reunida nesta terça-feira (25), na sede da Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes). A pauta do encontro foi avaliar as demandas de continuidade ao Plano de Ordenamento do Centro da capital.

Para o secretário Adjunto da Semtabes, Dênis Agra, as ações para melhorias serão realizadas de acordo com as expectativas do projeto geral da Comissão. Hoje, segundo a Aliança Comercial de Maceió, o Centro registra cerca de 1.200 ambulantes atuando na região, 42 prédios fechados e uma queda representativa no faturamento do comércio local.

“A Comissão foi criada há seis anos e estamos retomando as ações para trazer melhorias para o Centro. Nossa proposta é de conseguir realocar esses ambulantes e dar continuidade às fiscalizações preventivas. Hoje nós sabemos que a população, os lojistas e os ambulantes regularizados querem que ocorra a fiscalização”, destaca Agra.

Durante o encontro, a Comissão apresentou o projeto de reordenamento da Secretaria Municipal de Segurança Comunitário e Convívio Social (SEMSCS) para que a equipe técnica do Corpo de Bombeiros avaliasse as questões de acessibilidade dentro do Centro de Maceió.

A proposta da SEMSCS é diminuir a passagem e armazenamento de produtos dos ambulantes, coibindo também a entrada dos carrinhos no local. “O mais importante é conseguir tornar o Centro num shopping a céu aberto. Precisamos dar mais segurança e melhorar as ações de fiscalização no local”, afirma o representante da SEMSCS, Coronel José Praxedes.

Veja também  Entenda as principais mudanças na reforma da Previdência

Participaram do encontro representantes da Semtabes, da SEMESCS, da Aliança Comercial de Maceió, da Câmara Municipal, da Associação Comercial de Maceió, da Polícia Militar (PM), do Corpo de Bombeiros, e das Superintendências Municipais de Iluminação (SIMA), Limpeza (SLUM) e de Trânsito e Transportes (SMTT).

Ascom Semtabes

Compartilhe: