Confira os cuidados para evitar fraudes com o seu CPF

Apesar do Código de Defesa do Consumidor trazer artigos de lei que protegem o consumidor e os fornecedores adotarem medidas de segurança para que  fraudes não aconteçam, o uso indevido do CPF de terceiros é cada vez mais comum e pode trazer aborrecimento e constrangimento ao consumidor.

No Procon Maceió são registradas inúmeras reclamações sobre o uso irregular do CPF como, por exemplo, contratação com operadoras de telefonia e TV por assinatura, abertura de contas e até financiamentos e empréstimos sem conhecimento ou aceitação do consumidor, gerando dívidas e inclusão do nome do consumidor nos serviços de proteção e Crédito SPC/Serasa.

Uma forma do consumidor evitar esta situação é, em caso de perda, furto ou roubo de documentos, sempre registrar um Boletim de Ocorrência e jamais fornecer dados e número de documentos por e-mail ou telefone.

O diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida, destacou que o consumidor deve ficar atento. “É com o Boletim de Ocorrência que o cliente tem como comprovar que foi lesado, e, posteriormente, questionar qualquer cobrança indevida”, explicou.

O Procon Maceió esclarece que bancos não solicitam atualizações por meios eletrônicos e, em caso de dúvida, o consumidor deve procurar a loja ou agência bancária que está solicitando seus dados. Por fim, se mesmo após adotar todas estas medidas, a cobrança por um débito desconhecido continuar, o recomendado é procurar o Procon Maceió.

Veja também  Semtur e SMTT apresentam propostas para circulação de veículos turísticos

A sede do órgão fica localizada no prédio da Secretaria Municipal de Economia (Semec), na Rua Pedro Monteiro,  nº 47, Centro. O atendimento é realizado das 8h da manhã às 14h da tarde. Outra forma de contato é pelo whatsapp 98882 8326 ou ligando de forma gratuita para o número 0800 082 4567.

Leyvson Gomes/ Secom Maceió

Compartilhe: