Dia do Feirante: o sustento que vem das frutas, verduras e legumes

O próximo dia 25 de agosto pode ser comum para a maioria das pessoas. Mas para milhares de feirantes, espalhados por toda a capital de Alagoas, é o momento de comemorar a data reservada ao trabalho que executam, selecionando as melhores frutas e legumes que são ofertadas nas feiras de Maceió.

A Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes) conhece de perto as inúmeras histórias e destaca uma, em homenagem ao Dia do Feirante. Uma delas é a da Raquel Xavier, que há 30 anos executa essa função. Ela começou no Mercado do Tabuleiro, e hoje comercializa seus produtos em Fernão Velho.

“Eu vim trabalhar com meus pais. Ele começou na feirinha do Tabuleiro. Eu estudava, trabalhava e não quis outro trabalho. A concorrência é grande, mas consigo sobreviver daqui. Consegui criar minhas filhas e ajudar nas despesas das faculdades delas”, conta Raquel Xavier.

A feirante explica que antes, quando trabalhava na Feira do Tabuleiro, conseguia vender mais. Só que, depois de tantos anos, preferiu ter um pouco mais de tranquilidade. “A feira de Fernão Velho é mais tranquila. Trabalhar o dia todo na feira não é fácil. É cansativo. Mas a minha alegria maior é saber que daqui eu consigo o sustento da minha família. Eu não preciso de outro emprego”, atenta.

Feira livre de Fernão Velho foi reaberta há dois anos (FOTO: Ascom Semtabes)

Feira livre de Fernão Velho foi reaberta há dois anos (Foto: Ascom Semtabes)

A Feira de Fernão Velho foi reaberta há dois anos e fica ao lado do mercado público local. Os feirantes comercializam frutas, legumes e verduras frescos que agradam a quem passa. “Eu gosto de vir na feira para comprar. Além do bom atendimento dos vendedores, o preço é bom, a fruta é fresquinha e a gente consegue escolher melhor”, afirma a cliente Edileuza Guilherme da Silva.

Veja também  Novos representantes integram Conselho Tributário Municipal

A Semtabes é responsável pela administração dos nove mercados de Maceió e três feiras livres da cidade. Ao todo, são cadastrados na pasta mais de 2.500 permissionários e feirantes.

Ascom Semtabes

Compartilhe: