Educação recebe orientação do FNDE, conclui planilha e aguarda recursos

As chuvas ocorridas no final de maio, e que vêm castigando Maceió nos últimos dias, ocasionaram vários danos às escolas municipais. Em virtude da recuperação da estrutura de 47 unidades atingidas, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) recebeu a visita de técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para habilitar os setores de infraestrutura e manutenção a utilizar o Sistema Integrado de Execução Monitoramento e Controle (Simec) através do módulo do Plano das Ações Articuladas (Par) com a proposta de aplicar a utilização correta dos dados nos sistema.

De acordo com o secretário-adjunto de Governança de Educação, João Carlos Barbirato, a liberação dos recursos para a recuperação das escolas que sofreram com as chuvas só será possível se todos as informações estiverem seguindo as exigências do MEC. “Assim que o Simec liberou o sistema para inclusão dos dados, nossa equipe começou a fazer sua parte. Alimentamos o Simec com informações, navegamos no sistema e tiramos todas as dúvidas. Como já tínhamos adiantado as planilhas dos serviços necessários, ficou mais fácil. A partir daí passamos a alimentar o sistema com dados reais”, afirmou o secretário.

Para agilizar a liberação do recurso, a Semed está com os dados completos das 47 escolas atingidas pelas chuvas no Simec, já para análise do MEC, e no aguardo da autorização do envio dos valores. Em Brasília, o prefeito Rui Palmeira tem reuniões marcadas com o FNDE para requerer o dinheiro prometido pelo governo federal para a Educação.

Veja também  Bolsa Permanência inscreve indígenas e quilombolas até 29 de setembro

Assim que o recurso for autorizado, a Semed realizará serviços como os de reparação de teto, portas e janelas, e parte elétrica, além de pintura em geral. Os serviços estão orçados em mais de R$ 3 milhões. Nesta terça-feira (04), assessores do FNDE que estiveram com a equipe técnica da Semed elogiaram o trabalho de preenchimento do sistema (Simec) por Maceió, considerado por eles, um dos municípios que atendeu adequadamente os requisitos exigidos pelo Simec.

Ascom Semed/ Janaina Farias

Compartilhe: