Equipes intensificam poda de árvores em grandes avenidas

Realizado por equipes coordenadas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), o serviço de poda e supressão de árvores é contínuo e atende as demandas registradas por técnicos do órgão, além das solicitações da população. Neste mês, o trabalho foi intensificado nos canteiros centrais de grandes avenidas, seguindo um cronograma que contempla toda a cidade. Até o final de janeiro, as equipes executam a poda na extensão das avenidas Durval de Góes Monteiro e Fernandes Lima, entre os bairros Tabuleiro dos Martins e Farol.

Segundo o diretor de sustentabilidade da Semds, Bruno Talles, a operação de poda já beneficiou outras regiões da cidade, a exemplo da antiga Avenida Amélia Rosa, na Jatiúca, o canteiro central do complexo Benedito Bentes 2 e a Avenida Professor Sandoval Arroxelas, na Ponta Verde. Ainda de acordo com o diretor, a programação para o trabalho nos canteiros segue até o dia 23 de janeiro, com o apoio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) em decorrência do fluxo intenso de veículos entre a Durval de Góes Monteiro a Fernandes Lima.

Sobre a continuidade do serviço, Bruno Talles conta que a nova programação em relação às podas terá como foco as praças e áreas de lazer da capital. “Nos canteiros centrais, o trabalho também tem o objetivo de retirar galhos que possivelmente dificultem a visibilidade de placas de sinalização e semáforos. Além dessas demandas, que são registradas pelos técnicos da Semds, atendemos as solicitações da população registradas por meio de processos abertos na Secretaria, que é o meio adequado de solicitar o serviço”, esclarece o diretor.

Requerimento

Veja também  Salas do Empreendedor ajudam a formalizar negócios em Maceió

O procedimento para a realização de poda ou supressão de árvores é simples e requer apenas que o solicitante esclareça, por meio de um requerimento, a necessidade do serviço. Para solicitar, o cidadão deve procurar a Semds com um documento disponibilizado para download no site da Prefeitura com as seguintes informações: o motivo para a execução, o local onde será feito, contato do solicitante e se a árvore fica em área pública ou privada. O documento deve estar assinado pelo solicitante, constando a data da solicitação, devendo ser entregue no Plantão Fiscal da Secretaria.

Para a execução da poda ou supressão em áreas públicas não é cobrado  o pagamento de taxa. Já para áreas privadas, é feita a cobrança de R$ 100,28 equivalente à avaliação técnica realizada pelos agrônomos da Semds na área onde o serviço deve ser executado. Ao entregar o formulário, o cidadão pode se dirigir a qualquer agência bancária de sua preferência e, após o pagamento, retornar à Semds para protocolar o serviço.

Após análise local, os agrônomos informam ao requerente se o serviço será feito conforme solicitado ou indicam outra forma de solucionar o problema, como a poda emergencial, poda de equilíbrio ou poda de sustentação.

Em áreas públicas, o processo é feito pela Prefeitura. O setor de poda é responsável pela execução dos serviços. Em todos os casos, o solicitante pode acompanhar o andamento do processo por meio do número de protocolo pelos telefones 3315-4735, 3315-4736. A Semds fica localizada na Rua Marquês de Abrantes, s/n, no bairro Bebedouro.

Lucas Alcântara/ Ascom Semds

Compartilhe: