Festas juninas: Semscs inicia fiscalização em barracas de fogos

A Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) realiza, durante o mês de junho, a Operação Barracas de Fogos. A fiscalização de posturas, com o apoio da Guarda Municipal e do Procon Municipal, está percorrendo os pontos tradicionais de comércio de fogos de artifício na capital alagoana.

 

Fiscalização notificou e fechou barracas que funcionavam irregularmente.

Fiscalização notificou e fechou barracas que funcionavam irregularmente.

A ação é preventiva, educativa e punitiva, nos casos em que sejam encontradas irregularidades. Os principais objetivos são promover segurança para quem vende e para quem compra o produto, além de fazer cumprir a legislação pertinente ao comércio de fogos de artifício. Estão sendo verificados itens como licenciamento, alvará do Corpo de Bombeiros, da Eletrobras e ocupação irregular de espaço.

A coordenadora geral de Fiscalização de Posturas, Elisangella Melo, informa os primeiros resultados. Na terça-feira (05), primeiro dia da operação, foram notificadas e fechadas 16 barracas; 11 delas localizadas na Avenida da Paz (Centro), duas na Durval de Góes Monteiro e três na Avenida Maceió (Tabuleiro do Martins). “No mesmo dia, alguns dos proprietários já procuraram a Secretaria para regularizar a situação”, explica.

Barracas que atendiam às especificações legais funcionam regularmente.

Barracas que atendiam às especificações legais funcionam regularmente.

Na quarta-feira (06), duas barracas na Avenida Juca Sampaio (Barro Duro) foram notificadas para fechamento imediato por estarem sem alvará de funcionamento e laudo do Corpo de Bombeiros. Também no Barro Duro, três barracas funcionavam de forma regularizada e atendendo a todas as especificações legais.

Veja também  Confira a programação do serviço de poda nos bairros

Em atendimento ao art. 174 da Lei nº 3.538/1985, que cria o Código de Posturas de Maceió, as recomendações são de que as barracas deverão estar aglomeradas fora da área central em uma distância de 5m (cinco metros) umas das outras; estar providas de aparelhagem especial contra incêndios; ter afastamento mínimo de 15m (quinze metros) de qualquer faixa de rolamento do logradouro público; ter afastamento mínimo de 15m (quinze metros) de quaisquer edificações ou pontos de estacionamentos de veículos. Além disso, as barracas devem estar providas de aparelhagem especial contra incêndios.

Ascom Semscs

Compartilhe: