Maceió Rosa estimula ações de prevenção ao câncer de mama

Criada para fortalecer as ações do Outubro Rosa, a campanha Maceió Rosa finalizou sua 3ª edição. Com uma programação diversificada e cheia de atrações, durante todo o mês de outubro, a campanha promoveu ações em locais públicos com grande circulação de pessoas, para reforçar o combate ao câncer de mama.

Diversos serviços foram levados a quatro praças da cidade para reforçar a mensagem da prevenção e da busca pelo diagnóstico precoce. Durante a campanha, foi realizada a III Corrida Rosa, de promoção à conscientização, e o Dia D de Combate ao Câncer de Mama, que levou as ações para o Centro de Maceió.

Para ajudar na missão, voluntários das ONGs Rede Feminina de Combate ao Câncer, Grupo de Mama Renascer, Casa Rosa e servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participaram das atividades nas praças Lucena Maranhão (Bebedouro), do Bicentenário (Conjunto José Tenório), da Faculdade (Prado) e Deodoro (Centro). As entidades são beneficiárias dos valores arrecadados com a venda das camisas da campanha.

Toda a campanha contou com o suporte fundamental da Secretaria Municipal de Saúde, que prestou diversos serviços, mobilizando as unidades de saúde para as ações de prevenção e facilitando o encaminhamento para exames de mamografia, que durante a campanha também tem a oferta ampliada. O exame é fundamental para detecção de alguma alteração na mama.

Outubro Rosa Café da Manhã Foto:Marco Antonio/Secom Maceió

Tatiana Palmeira, primeira-dama e coordenadora do Maceió Rosa Foto:Marco Antonio/Secom Maceió

No Dia D de Combate ao Câncer de Mama, realizado na Praça Deodoro em 23 de outubro, foram levadas ao público apresentações artísticas, dança do ventre, doação de cabelo para confecção de perucas, venda de camisetas da campanha, aferição de pressão e panfletagem.

“Esse dia coroou a inovação do Maceió Rosa 2017, que levou a nossa campanha às ruas, durante todo o mês de outubro. Levar as ações até onde as mulheres estão, como fizemos em praças, no centro e nas ruas, com conversa e informação, mostra o quanto é importante estar o tempo todo alerta sobre a necessidade de exames periódicos e alimentação saudável”, destacou a coordenadora da campanha, a primeira-dama Tatiana Palmeira.

Ela destacou a importância da campanha para conscientizar sobre a prevenção e o tratamento do câncer. “O ciclo ideal para fazer o autoexame é logo após o período menstrual, para quem ainda está nessa fase, e essa é a melhor época para que a mulher detecte algo ou não. A nossa campanha é mais um reforço das ações de combate ao câncer de mama, que é o câncer que mais mata mulheres no Brasil e nós precisamos reduzir esses índices”, disse.

Em todas as praças, as ações contaram com a presença das drag queens Paty Maionese e Rebeca Big Mac, que animaram o público e distribuíram panfletos de conscientização sobre o câncer de mama.

III Corrida Solidária

No dia 20, a orla da Pajuçara recebeu a III Corrida Solidária Maceió Rosa. Foram mais de 600 atletas inscritos em prol da causa solidária. Toda a renda arrecadada com as inscrições foi revertida para Rede Feminina de Combate ao Câncer e para o Grupo Renascer.

“Foi emocionante ver a adesão das pessoas e saber que o sucesso da corrida, assim como dos outros eventos nos dá ainda mais forças para realizar mais atividades por uma causa tão nobre”, afirmou Tatiana Palmeira. A largada aconteceu em frente à Praça Multieventos, com o percurso de 5 quilômetros de corrida ou caminhada.

Rui Palmeira participa da abertura da campanha Maceió Rosa. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Abertura da campanha Maceió Rosa. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

De acordo com o titular da Semelj, Daniel Mello, esta foi a melhor edição da campanha Maceió Rosa. “Todas as ações convergem em prol do Maceió Rosa, em prol da solidariedade. É muito gratificante ver que tudo transcorreu perfeitamente bem. Uma estrutura de qualidade, suporte técnico e principalmente a participação da população”, relatou.

Veja também  Jovens do Cras Área Lagunar celebram carnaval no bairro do Prado

“A nossa intenção com a corrida foi passar a mensagem que temos sempre que cuidar da saúde, realizar atividades físicas, fazer o autoexame, se amar. E aproveitamos este momento para confraternizar a vitória de cada mulher presente na prova, a luta não é só de uma pessoa, é de todas nós e a Prefeitura de Maceió apoia esta causa, estando sempre perto das maceioenses”, pontuou a assessora de Políticas Sociais, Adriana Toledo.

Saia Arrochada

Durante o Maceió Rosa, foi realizada a segunda edição do Saia Arrochada, no espaço CASACOR, no Parque Shopping. Em formato de ‘talk show’, a primeira-dama de Maceió recebeu convidados que deram seu testemunho de como vivenciaram a luta contra o Câncer de Mama. O intuito foi levar o tema para as diversas rodas de conversas, tornar o assunto comum e trabalhar dentro dos lares alagoanos as formas de prevenção à doença que acomete mulheres e homens.

Saúde da Mulher é tema da segunda edição do Saia Arrochada. Foto: Max Monteiro/ Secom Maceió

Saúde da Mulher é tema da segunda edição do Saia Arrochada. Foto: Max Monteiro/ Secom Maceió

Para o prefeito Rui Palmeira, espaços de debate e informação são fundamentais para alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e da busca pelo tratamento. “O evento reuniu profissionais de diversas áreas falando sobre o câncer de mama, um assunto sério, porém debatido de forma leve, mostrando como elas conseguiram vencer a doença”, disse o prefeito.

A primeira-dama e idealizadora do Saia Arrochada, Tatiana Palmeira, falou sobre o evento. “Foi muito emocionante. As pessoas que vieram assistir à segunda edição puderam ouvir as experiências e relatos de como se cuidar e enfrentar a doença e principalmente, dos momentos de superação das mulheres que contaram suas histórias”, explicou.

Participaram desta edição, como debatedoras, a atriz e cantora Zezé Motta, estrela da campanha do Instituto Nacional do Câncer (Inca) sobre o câncer de mama; a ex-paciente Celessângela Nutels e a mãe de ex-paciente Emmanuelle Pacheco, que falarão sobre suas vivências com a doença; e a ginecologista e mastologista Marta Vasconcelos, que abordará os as aspectos relacionados ao diagnóstico e ao tratamento do câncer.

Oferta de exames ampliada

Entre as ações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a ampliação do número de exames de diagnóstico nos meses de outubro e novembro. Especificamente nesse período, qualquer mulher que esteja na faixa etária de 40 a 69 anos, pode se dirigir a uma Unidade Básica de Saúde (UBS), sem consulta marcada, e pedir a solicitação para o exame de mamografia. Com a solicitação nas mãos, a paciente vai se dirigir a um dos prestadores de serviço e parceiros da Campanha: Santa Casa, Clinimagem, Hospital Vida, Diagnose, Clínica Guri, Mediradius e Cliom.

A Praça Lucena Maranhão recebeu ações itinerantes da Campanha Maceió Rosa. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A Praça Lucena Maranhão recebeu ações itinerantes da Campanha Maceió Rosa. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

De acordo com a Coordenação de Saúde da Mulher da SMS, Suzângela Dória, esse procedimento não é o de rotina. A iniciativa será realizada especialmente dentro da Campanha Maceió Rosa, que tem como meta ultrapassar seis mil exames no período de outubro e novembro.  “A faixa etária foi reduzida para 40 em virtude da mobilização. Após a campanha, as mulheres com idade entre 50 a 69 anos devem marcar uma consulta médica na unidade e se houver suspeita, o médico vai solicitar os exames”, explicou a coordenadora.

O câncer de mama, se for detectado no início, tem 95% de chance de cura. O primeiro exame que deve ser feito é o toque e se houver qualquer suspeita, independente da faixa etária, o médico deve ser consultado.

 

Secom Maceió

Compartilhe: