Maceió sedia seminário internacional sobre Educação Infantil

Teve início nessa segunda-feira (03), na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), o III Seminário Luso-Brasileiro de Educação Infantil. O evento internacional, que conta com a parceria da Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed), surgiu da necessidade de reflexão e discussão sobre múltiplos aspectos relacionados à educação das crianças nos diversos contextos e cotidianos.

Na solenidade de abertura, a secretária-adjunta de Gestão Educacional da Semed, Sílvia Cardeal, destacou a importância da parceria entre o Município e a Universidade para a construção de uma educação de qualidade. “É uma meta permanente da nossa Secretaria construir o conhecimento em todos os âmbitos. E nossos parceiros, inclusive a Ufal, têm sido fundamentais nessa caminhada. Um evento como esse é de grande importância para a formação e aperfeiçoamento de nossos profissionais da educação infantil”, afirmou.

Solenidade de abertura do III Seminário Luso-Brasileiro de Educação Infantil. Foto: Amanda Bezerra (Ascom/Semed)

Solenidade de abertura do III Seminário Luso-Brasileiro de Educação Infantil. Foto: Amanda Bezerra (Ascom/Semed)

“É muito importante discutir os direitos da criança, que é o tema de uma das mesas do Seminário, na atual conjuntura política e econômica vivenciada pelo País. É em encontros como esse que fazemos a resistência, discutindo no presente o direito e a educação daqueles que são nosso futuro”, disse a reitora da Ufal, Valéria Correia.

Veja também  Projovem Urbano: inscrições de professores e técnicos são prorrogadas

O seminário é um fórum científico e pedagógico de discussão em torno da Educação de Infância/Educação Infantil, que objetiva contribuir para o fortalecimento da interlocução entre os mundos acadêmico e profissional, e da vertente da interação com a sociedade. O evento segue até quarta-feira (05) com a realização de mesas de discussão, mini cursos, sessões de apresentação oral e lançamentos de livros.

Amanda Bezerra (Ascom Semed)

Compartilhe: