Marcelo Palmeira participa de cerimônia no Porto de Maceió

O vice-prefeito Marcelo Palmeira participou, na manhã desta segunda-feira (5), da cerimônia de assinatura da ordem de serviço para obra de dragagem do Porto de Maceió. A solenidade, que aconteceu no Porto de Maceió, no bairro de Jaraguá, contou com a presença do Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa e do Ministro do Turismo, Marx Beltrão, além do governador Renan Filho, deputados federais, estaduais, prefeitos de municípios alagoanos e vereadores da capital.

“O serviço vai tornar nosso Porto ainda mais competitivo. Quero parabenizar os ministros pelo empenho para autorizar a dragagem e reforçar que a Prefeitura segue à disposição para colaborar com ações como esta para o desenvolvimento de todo o Estado de Alagoas”, afirmou Marcelo Palmeira.

A ação será efetuada a partir de recursos do Governo Federal, por intermédio do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil e Ministério do Turismo, em parceria com a Prefeitura de Maceió e Governo do Estado. O Porto de Maceió não recebe limpeza no canal desde 1998 e a dragagem de 11 metros de profundidade deve colocar Maceió na condição de competir com outras cidades portuárias.

“A nossa expectativa é aumentar o movimento de carga em até 30%, que a operação fique mais barata e que o Porto recupere a capacidade de competir com os demais portos nordestinos, além de atrair navios de cruzeiros para a cidade de Maceió”, explica o ministro Maurício Quintella.

Veja também  Servidores da Slum participam de palestra sobre saúde

Os serviços de dragagem devem iniciar até o dia 19 de março e, de acordo com Marx Beltrão, neste mês também será licitado o terminal de passageiros, estrutura fundamental para receber os turistas que visitam a cidade nos cruzeiros.

“A dragagem vem para melhorar a economia de Alagoas, não só com os navios de carga, mas também com os transatlânticos no turismo náutico. Já conseguimos dobrar, da temporada passada para o verão passado, 108% do número de transatlânticos, com 20 mil passageiros. O acordo com a associação nacional de cruzeiros marítimos é de trazer para Maceió mais de 100 mil cruzeiristas”, comemora o ministro Marx Beltrão.

Camila Barbosa (estagiária) e Eberth Lins/ Secom Maceió

 

Compartilhe: