Mexe, Mexe, Cidadão!: encenação aborda promoção da Saúde

A Gerência de Promoção e Educação em Saúde (GPES) da Secretaria de Municipal de Saúde (SMS) está retomando, como estratégia de promoção de saúde junto aos mais diversos públicos, a peça teatral Mexe, Mexe, Cidadão!. Nesta segunda-feira (16), a peça foi encenada, a convite do Banco do Nordeste, na Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho (Sipat) da instituição.

Criada em 2010, a peça é fundamentada nas técnicas do teatro de rua (que possibilita a inserção de cenas improvisadas e leva a uma interação maior com o público), mas tem sua temática voltada à abordagem dos temas centrais da promoção da saúde – alimentação saudável, cultura da paz, uso abusivo de álcool e outras drogas, tabagismo, atividade física e meio ambiente sustentável.

“Partindo do ponto de vista da promoção da saúde, a peça é encenada com a finalidade de levar as pessoas a refletirem sobre seus hábitos e modos de viver e se suas escolhas estão contribuindo para piorar sua qualidade de vida, gerando enfermidades ou situações incômodas e buscando fazer com que avaliem como suas ações refletem na sua convivência com o todo”, explica a gerente de Promoção e Educação em Saúde da SMS. Maria Helena Santana.

Veja também  Ajustes nos fundos previdenciários garantem benefício a servidores

Para atrair a atenção do público, os oito atores da peça Mexe, Mexe, Cidadão! – todos técnicos da GPES – coordenados pela gerente Mª Helena Santana na direção da peça e tendo como contrarregra a técnica Zildene Lemos – se utilizam de elementos do bumba meu boi e do guerreiro alagoano nas músicas da encenação, enfatizando a cultura popular alagoana.

A encenação é dividida em três atos, nos quais passeiam, durante cerca de 30 minutos, pelos temas centrais da promoção da saúde (no caso da Sipat do Banco do Nordeste, foram abordados os temas Alimentação Saudável e Atividade Física), com seriedade, mas também com muita diversão, possibilitando a interação com o público.

“A abordagem é feita com seriedade, porém, de forma leve e lúdica, para que seja apreendida com facilidade, já que o tempo de que dispomos é pequeno. Mas temos conseguido passar as informações e orientações necessárias, e estimular o debate acerca dos hábitos saudáveis e de uma melhor qualidade de vida”, reforça a técnica Zildene Lemos.

Ascom SMS

Compartilhe: