Na Espanha, Rui Palmeira busca cooperação técnica

O prefeito Rui Palmeira, acompanhado da delegação do projeto Maceió Mais Inclusiva, participa, em Barcelona, da Missão Técnica do Fundo Multilateral de Investimentos (FUMIM) do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O objetivo da viagem é a captação de R$ 3 milhões para projetos de economia e geração de emprego e renda em Maceió.

Nessa quarta-feira (15), Palmeira se reuniu com Lluiz Mundet, da Universidade de Girona, na Catalunha, para discutir a possibilidade de uma cooperação internacional. “Pretendemos estreitar as relações para a troca de experiências, aprendizado e implantação de boas práticas, por meio de estudantes que possam ir a Maceió contribuir com áreas de interesse do Município, a exemplo da inclusão produtiva, de desenvolvimento social e pesqueiro. O que buscamos é implantar ações que possam trazer geração de emprego e renda, bem como a melhoria dos processos produtivos em nossa cidade”, disse o prefeito.

whatsapp-image-2017-11-15-at-19-19-15

Museu de la Pesca, em Palamós

Já no distrito de Palamós, a delegação maceioense foi recebida pelo prefeito ‎Lluís Puig Martorell. No encontro, foram discutidas a atividade pesqueira e cultural, e a relação da região espanhola com o turismo. “Recebemos informações relevantes de como funciona o sistema pesqueiro tradicional de referência na Espanha, que está intrinsecamente ligada à atividade turística através de um museu específico da atividade pesqueira, o Museu de la Pesca, que reúne, no mesmo espaço, um porto onde as embarcações chegam e onde os mariscos e pescados são expostos aos turistas, são vendidos aos restaurantes da cidade e onde se encontram estabelecimentos de alimentação com receitas típicas dessa região do Mediterrâneo”, disse Jair Galvão.

Veja também  Conjunto Cleto Marques Luz ganha novo abrigo de ônibus

whatsapp-image-2017-11-15-at-19-19-11

Ainda segundo o gestor municipal, essas ações atraem turistas de todo o mundo, chegando a triplicar a população da cidade em período de alta temporada. “Isso demonstra uma relação harmônica e muito promissora de uma atividade tradicional a uma atividade importante, geradora de economia, que é o turismo. O que é realizado em Palamós pode servir como exemplo para Maceió, que tem características costeiras muito similares as que nos foram apresentadas, principalmente em relação ao Centro Pesqueiro do Jaraguá”.

Além do líder do Executivo de Maceió e do secretário municipal de Turismo, Jair Galvão, participam da missão técnica, o superintendente de Limpeza Urbana, Davi Maia, o presidente do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS), Tadeu Assad, e o superintendente do SEBRAE/AL, Marcos Vieira.

Na Espanha

A agenda em Barcelona foi iniciada na última segunda-feira (13), com o Fórum Smart Cities Expo World Congress (Congresso Cidades Inteligentes), e segue até o dia 24. O evento, que reuniu prefeitos brasileiros e governantes de outros países, discutiu temas como gestão, desafios e oportunidades para os municípios. O prefeito Rui Palmeira discursou sobre gestão e serviços públicos, e apontou os desafios encontrados desde o início de sua gestão.

Flávia Farias – Secom Maceió

Compartilhe: