Prefeitura e Sebrae discutem ambiente de negócios para Maceió

A Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes) participou, nesta terça-feira (20), da apresentação de ações realizadas pela Prefeitura de Maceió em parceria com o Sebrae Alagoas. O encontro contou com a participação de outras secretarias e órgãos do poder público municipal que mantêm projetos de cooperação com o Sebrae.

A proposta da reunião foi apresentar os resultados obtidos em 2017 e os desafios de trabalho a serem desenvolvidos em 2018. O Sebrae apresentou os projetos de apoio social, econômico e ambiental que utilizam o suporte da Prefeitura. “Hoje apresentamos os trabalhos da Prefeitura com o Sebrae, que envolvem diversas secretarias. Pudemos observar na avaliação que, em 2017, essa parceria foi positiva e esperamos, nos desafios apresentados, crescer muito mais, para que a Prefeitura consiga atingir os objetivos em prol da população”, esclareceu o diretor de Empreendedorismo da Semtabes, Cândido Carnaúba.

No ambiente de negócios da capital, através do convênio das Salas do Empreendedor, foi observado um crescimento de quase 10% no número de empresas atendidas pelos equipamentos públicos em 2017. Com as quatro unidades das Salas, foram realizados mais de 7.700 atendimentos no último ano. A expectativa é de continuar ampliando o atendimento e melhorar o ambiente de negócios em Maceió.

Veja também  Sine Maceió oferece vagas para contratação imediata

“Esse ano nós estamos realizando uma reorganização das Salas e um plano de capacitação dos empreendedores com a Semtabes. Por isso, acreditamos que teremos um aumento no atendimento ao empreendedor que não tem a quem recorrer. Esse serviço gratuito disponibilizado pela Prefeitura dá condições para o pequeno negócio crescer e gerar emprego e renda na capital”, adiantou a gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae, Renata Fonseca.

O diretor de Empreendedorismo ainda pontuou que o planejamento para 2018 da Semtabes inclui projetos que buscam regularizar e capacitar ambulantes, tornando-os microempreendedores. “Nós temos um papel muito grande no desenvolvimento de políticas para atenderem o empreendedor. E faremos tudo contando com a parceria com o Sebrae, que é um parceiro atuante nesse processo”, pontuou Cândido Carnaúba.

Além da Semtabes, participaram do encontro as Secretarias Municipais da Educação, de Economia, de Segurança e Convívio Social, A Superintendência de Limpeza Urbana, o Gabinete de Governança, a Agência Municipal de Regulação de Serviços Delegados e a Vigilância Sanitária Municipal.

Ascom Semtabes

Compartilhe: