Prefeitura e Ufal realizam ações sustentáveis na Bienal

Considerado um dos maiores eventos literários do Brasil, a Bienal do Livro de Alagoas inicia a oitava edição nesta sexta-feira (29) com uma programação diversificada, entre lançamentos de publicações, palestras, mesas redondas e apresentações culturais. A Prefeitura de Maceió é uma das parceiras da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) na realização do evento e hoje garantiu um novo apoio. Com a participação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), a Bienal realizará ações ambientais e contará com o projeto Planta Maceió, que será levado ao evento com a doação de mudas nativas da Mata Atlântica aos visitantes.

Titular da Semds, Gustavo Torres foi recebido na Ufal pela reitora e o vice-reitor, os professores Valéria Correia e José Vieira, com quem assinou o termo de parceria. Durante o encontro, o secretário alinhou a realização do projeto no evento e reforçou a importância do trabalho conjunto com a instituição. “Levar o Planta Maceió à Bienal é uma forma eficaz de reforçar o nosso trabalho de educação ambiental para incentivar a arborização da capital. É uma parceria de extrema importância, principalmente por se tratar de um evento já consolidado e com um grande público, com a estimativa de 200 mil visitantes”, disse Torres.

A reitora Valéria Correia também reiterou a importância da parceria e destacou o trabalho conjunto com a Prefeitura de Maceió. “Já contamos com o apoio da Secretaria Municipal de Educação com a criação do Vale Livro e agora, com a Semds, vamos doar mudas aos visitantes. É uma forma de colaborar com o meio ambiente, de reduzir o impacto provocado durante os dez dias de realização. Estamos bastante satisfeitos com mais esta parceria, pois será um exemplo para Alagoas, para Maceió”, enfatizou.

Veja também  Primeiro dia do Maceió Verão leva milhares ao Jaraguá

Valéria aproveitou o encontro para externar os agradecimentos da Ufal à Prefeitura em virtude de ações realizadas, a exemplo do trabalho de limpeza e poda de árvores que ocorre no campus A. C. Simões como parte do acordo com a gestão municipal. A retirou comentou, ainda, que buscará o apoio da Semds para ampliar o trabalho levado à Bienal e também em relação à jardinagem, com a participação da comunidade acadêmica e do entorno.

“Seja por qual for o órgão, a Prefeitura de Maceió sempre estará à disposição para parcerias com a Ufal por entendermos que é um trabalho conjunto necessário e em benefício à cidade. Assim como na Bienal e outras ações, estaremos sempre de portas abertas para melhor atender toda a comunidade”, garantiu o secretário Gustavo Torres.

Lucas Alcântara/ Ascom Semds

Compartilhe: