Prefeitura emitirá parecer sobre recomendação de órgãos fiscalizadores

Diante da recomendação conjunta publicada nesta segunda-feira (19) pelo Ministério Público de Contas de Alagoas (MPC) e pelo Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE) – sobre o Aterro Sanitário de Maceió –, a Prefeitura informa que, ao longo da semana, deverá analisar e determinar o processamento de todas as medidas necessárias e aptas ao saneamento da questão.

“Toda a apuração de haveres será realizada dentro do processo. Devemos garantir a observância da lei e o tratamento imparcial e técnico dessa questão”, aponta Ricardo Wanderley, diretor-presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Delegados (Arser), organismo que desde 2017 passou a centralizar todas as licitações e a operar a regulação de serviços na administração municipal.

A Prefeitura de Maceió ressalta que os processos em questão remontam ao período anterior à atual gestão, contudo, deu a execução legal e obrigatória como era conveniente ao contrato. “Isso não é nada novo. Nós fizemos um trabalho parecido com o contrato de coleta que resultou numa economia de 11% dentro de uma operação milionária”, rememora o gestor.

Do mesmo modo, a Prefeitura assegura que o procedimento após a recomendação conjunta entre MPC e MPE será trabalhado dentro dos vieses de licitude, legalidade, transparência e economicidade. Segundo Ricardo Wanderley, não há oposição à atuação do Ministério Público face à Prefeitura. “Pelo contrário, sempre houve um abraçar das recomendações que de lá emanam. Quase todas foram acolhidas – as que não cabiam acolher, nós não acolhemos e, nem por isso, houve qualquer rusga institucional”, defende.

Veja também  Prefeito Rui Palmeira vistoria obras em praça no Santos Dumont

“Tentaremos fazer com que o resultado desse trabalho em parceria com o Ministério Público renda, como sempre, uma boa nova para a cidade. O que todos nós queremos é a busca incessante do bem comum para a comunidade maceioense”, finaliza o diretor-presidente da Arser.

Fernando Coelho/ Ascom Arser

Compartilhe: